Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/5513
Título: Concepção de inteligência emocional em contexto educativo e profissional : estudo sobre uma universidade angolana
Autor: Marques, Maria de Fátima Gonçalves, 1960-
Orientador: Carvalho, Carolina, 1960-
Palavras-chave: Inteligência emocional
Ensino superior - Angola
Formação de professores - Angola
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: O levantamento de questões sobre as características e valores do desenvolvimento e aplicação da inteligência emocional em contexto organizacional, bem como no desempenho profissional do indivíduo, tem sido objecto de estudo de muitos autores actuais, na directa proporção que o interesse pelo tema tem suscitado nos meios profissionais. O papel das emoções no exercício da profissão deve ser levado em conta quando se trata de adaptar as pessoas às possíveis mudanças. Contudo, o que se observa é que o foco ainda está mantido na valorização das competências técnicas, apesar das competências humanas serem amplamente divulgadas como imprescindíveis e preciosas para o sucesso das pessoas e das próprias empresas. Com o presente trabalho pretendeu-se fazer um estudo da problemática da inteligência emocional, tendo por base a realidade desta mesma problemática numa universidade angolana e no que diz respeito à informação e concepção que o corpo docente, da referida universidade, tem sobre o tema. Pretendeu-se também auscultar sobre o interesse e a necessidade de formação na área, do referido corpo docente, e levantar a questão da premência da inclusão de uma componente de desenvolvimento das competências emocionais na formação de professores, considerando que a mobilização e utilização das competências de inteligência emocional tem influências significativas no desenvolvimento emocional dos alunos e no processo de ensino-aprendizagem em si mesmo. A metodologia do estudo foi baseada numa análise quantitativa de dados recolhidos através da aplicação de um questionário e o universo conceptual constituído por 230 professores de diferentes nacionalidades e culturas, com formações académicas heterogéneas e diversificadas. A amostra de estudo corresponde às respostas de 91 professores, do referido universo conceptual. O ambiente de estudo teve lugar no Campus Universitário do Morro Bento, em Luanda, sede da Universidade Gregório Semedo. Dos resultados obtidos consideramos que, e no que respeita à concepção de inteligência emocional, a maioria dos docentes revelou que as noções de autoconsciência, controle emocional, e empatia faziam parte da referida concepção. Por outro lado, na sua quase totalidade, estes docentes revelaram a necessidade e o interesse de adquirir formação no âmbito das competências de inteligência emocional. No final deste trabalho foram apontadas as suas limitações e acrescentadas propostas de futuras investigações, e de formação na área.
The role and importance of the use and application of emotional intelligence concepts on the individual professional performance, as well as on the learning process of organizations, has been the object of study of many authors, in direct proportion to the interest this subject has gathered in professional environments. The role of emotional life on someone’s profession should be considered when there is a need for people to adapt to possible change. Although the human competencies are widely considered as being precious and indispensable for the success of people and companies, the focus is still given to the valuation of technical competencies. This paper intends to study the problematic of emotional intelligence, based on the observed reality on an Angolan University, and the conception, information and understanding its professors have about this subject. We also wanted to evaluate the need and interest of university teachers on having education on this area, and raise the issue of having an emotional intelligence component on the teachers training, considering that the use of emotional intelligence competencies has a significant influence on the emotional development of students and in the learning process itself. The study methodology was based on a quantitative analysis of data gathered through the application of a questionnaire; the conceptual universe included 230 teachers from different nationalities and cultures, with different and diversified academic education; the sample included the answers of 91 teachers. The study was carried out in “Campus Universitário do Morro Bento”, Luanda, the headquarters of Universidade Gregório Semedo. The results show that the majority of teachers have notions of self-consciousness, emotional control and empathy. However, almost all teachers felt they need training in emotional intelligence competencies. Finally, the limitations of this work are indicated, and proposals are made for future investigations.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Supervisão e Orientação da Prática Profissional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/5513
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039790_tm.pdf7,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.