Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/5587
Título: Representações de Vícios e de Virtudes na Comédia de Costumes Britânica
Autor: Barbudo, Maria Isabel, 1950-
Palavras-chave: Comédia de costumes
Ética
Vícios
Virtudes
Data: 2010
Editora: Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa
Citação: Anglo-Saxonica: Revista do Centro de Estudos Anglísticos, nº1
Relatório da Série N.º: 3ª;
Resumo: Este ensaio pretende oferecer uma visão do percurso de consolidação identitária da Comédia de Costumes Britânica desde o seu advento, no período da Restauração (segunda metade do séc. XVII), até à segunda metade do séc. XX, através da interpelação de comédias consideradas paradigmáticas face ao contexto epocal em que se inscrevem. O corpus em análise inclui as seguintes comédias: The Way of the World (1700) de William Congreve, The School for Scandal (1777) de Richard Sheridan, An Ideal Husband (1895) de Oscar Wilde, Pygmalion (1914) de George Bernard Shaw, Hay Fever (1925) de Nöel Coward e Absurd Person Singular (1972) de Alan Ayckbourn. A análise proposta debruça-se, fundamentalmente, sobre os seguintes tópicos: 1) A plutocracia e a meritocracia: um diálogo. 2) Simulações e dissimulações, ou os jogos da mentira e da verdade. 3) O respeito/desrespeito pelo Outro: que Outro? A fim de debater tais questões dentro de uma perspectiva de Crítica Ética, é convocado o discurso filosófico e sociológico dos seguintes autores: Aristóteles, Immanuel Kant, Friedrich Nietzsche, Henri Bergson, Jean Baudrillard, Emmanuel Levinas, Zygmunt Bauman e Gilles Lipovetsky.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/5587
ISSN: 0873-0628
Versão do Editor: http://www.ulices.org/publicacoes-anglo-saxonica/blog.html
Aparece nas colecções:CEAUL/ULICES - AS - Série III - nº 1 – 2010

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
0873-0628_2010-001-000_00225-00251.pdf223,47 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.