Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5611

Título: Abordagem ao impacto das auto-estradas A24 e A7 na população lupina do distrito de Vila Real
Autor: Barreto, Diana Patrícia Lopes, 1985-
Orientador: Fonseca, Francisco Petrucci, 1953-
Palavras-chave: Ambiente
Impacto ambiental
Lobo
Atropelamento
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: A implementação de grandes infra-estruturas é uma das causas de regressão do lobo-ibérico, Canis lupus signatus. Deste modo, a construção de duas novas auto-estradas, A24 e A7, na região de Trás-os-Montes constitui uma ameaça para a mobilidade e viabilidade da população lupina, contribuindo para a sua fragmentação. Assim sendo, em 2005 iniciou-se um Plano de Monitorização do Lobo para avaliar o impacto destas auto-estradas na população lupina no Sítio Rede Natura 2000 Alvão/Marão. Neste estudo pretendeu-se analisar o efeito de repulsa das auto-estradas e a eficácia das estruturas de permeabilidade, criar um modelo de adequabilidade de habitat e efectuar uma actualização sobre os hábitos alimentares deste carnívoro. Para tal, efectuaram-se percursos para procurar e quantificar indícios de presença da espécie pela área de estudo, recolhendo os dejectos para o estudo da dieta e colocaram-se máquinas fotográficas com sensores de movimento para registar a utilização das passagens nas estruturas de permeabilidade. Relativamente ao uso do espaço, observou-se um decréscimo dos valores de IQA (Índices Quilométricos de Abundância), desde 2005, tendo mesmo diminuído a área de presença da espécie, reflectindo o efeito de repulsa que seria de esperar com a imposição de barreiras artificiais. Obtiveram-se também seis registos fotográficos de lobos em duas das passagens construídas na A24. Além disso, ao longo destes cinco anos, encontraram-se sete dejectos em passagens da A7 e quatro dejectos em passagens da A24. Segundo o modelo de adequabilidade, as áreas que apresentaram os requisitos ecológicos essenciais para a distribuição da espécie encontram-se principalmente nas zonas de maior altitude. Relativamente ao estudo da dieta, verificou-se uma preferência pelos ungulados domésticos, especialmente por caprinos. Dentro dos ungulados silvestres, o corço é a presa mais consumida. Por fim, tendo em conta os resultados obtidos, apresentaram-se sugestões para melhorar a eficácia das medidas mitigadoras já efectuadas.
The construction of infrastructures is one of the main causes of Iberian-wolf (Canis lupus signatus) regression. In this way, the construction of two new highways, A7 e A24, in Trásos- Montes region is a threat to the mobility and viability of the wolf population, contributing to its fragmentation. Then, in 2005, a Wolf Monitoring Plan was initiated to study the impact of these highways on the wolf population of Sítio Rede Natura 2000 Alvão/ Marão. This study aims to analyse the repulse effect of the highways and the efficiency of the crossing structures, create a suitability model and made an update on this carnivore food habits. In order to do this, transects were made to find presence indicators of this specie and at the same time scats were collected to the food habits study. Furthermore, cameras with moving and temperature sensors were used to monitor the crossing structures. What concerns to space use, there was a decrease of the Abundance Kilometric Indices since 2005, reflecting an expected repulse effect of this artificial barrier. Also, six photos of wolves using two crossing structures in A24 were taken. In addition, during this last five years, seven and four scats were found near A7 and A24 crossing structures, correspondingly. According to suitability model, mainly the areas with greater altitudes are those with the essential ecological requirements for the specie’s distribution. Regarding to the food habits, a preference for domestic ungulates was verified, especially for goats. Roe deer was the most consumed wild ungulate. Finally, considering the final results, same suggestions were made to improve the mitigation measures already done.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia da Conservação. Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/5611
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc090778_tm_diana_barreto.pdf4,57 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE