Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5628

Title: Avaliação da integridade e da actividade de antigénios de Streptococcus Equi encapsulados em lipossomas
Authors: Figueiredo, Lara Isabel Martins
Advisor: Corvo, Maria Luísa Teixeira de Azevedo Rodrigues, 1960-
Marinho, Helena Susana Pappámikail da Costa, 1958-
Keywords: Streptococcus equi subsp. equi
SeM
Lipossomas
Resposta imune das mucosas
Vacina
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Abstract: Streptococcus equi subsp. equi é o agente infeccioso da gurma, doença que permanece como uma das mais dispendiosas e disseminadas por todo o mundo, afectando o tracto respiratório de equídeos. Embora S. equi apresente sensibilidade a alguns antibióticos, a prevenção continua a ser a melhor opção uma vez que este tipo de tratamento revela-se na maioria dos casos ineficaz. Durante o período de recobro os animais desenvolvem uma resposta imune protectora principalmente contra a proteína M-“like” (SeM) antifagocítica associada à parede celular. No entanto, a vacinação de cavalos com bacterinas, extractos de S. equi com adjuvantes e mais recentemente, SeM associada a diferentes adjuvantes, não protege eficazmente os animais da infecção por S. equi. Os antigénios produzidos localmente na nasofaringe desempenham um papel muito importante na resposta imune dos animais contra os antigénios de S. equi, fazendo da mucosa nasal uma via de imunização promissora. Os lipossomas foram já descritos como potentes estimuladores da resposta imune das mucosas. O principal objectivo deste trabalho foi o desenvolvimento e caracterização de lipossomas estáveis encapsulando antigénios de S. equi, e avaliar o seu potencial como veículos de entrega de antigénio pela via nasal através das respostas imunes celular, humoral e das mucosas. Os lipossomas encapsulando S. equi foram preparados pelo método de desidratação – reidratação seguido de extrusão e caracterizados quanto ao tamanho, carga superficial e eficácia de encapsulação. A manutenção da integridade dos antigénios após encapsulação foi confirmada por SDS-PAGE. Os lipossomas assim preparados possuíam potencial zeta positivo, diâmetros médios na ordem dos 0,20 μm e eficiência de encapsulação de cerca de 28%. Após administração intranasal estes lipossomas provocaram resposta imune sistémica, com componente humoral e celular assim como resposta imune ao nível da mucosas das mucosas. Este sistema de veiculação de antigénio é apropriado para imunização nasal uma vez que protege o antigénio de degradação e o apresenta de forma eficaz às células apresentadoras de antigénios. Como alternativa aos lipossomas carregados positivamente, lipossomas com carga superficial negativa foram revestidos com quitosano através de incubação. A influência do quitosano na carga superficial dos lipossomas foi também avaliada.
Streptococcus equi subsp. equi (S. equi) is the causative agent of strangles, which is one of the most costly and widespread infectious diseases, affecting the respiratory tract of Equidae. Although S. equi is sensitive to some antibiotics, prevention is still the best option because antibiotic therapy is often ineffective. During the recovery period, horses develop a protective immune response mostly against the antifagocytic cell wall associated M-like protein SeM. However, horse vaccination with bacterins, adjuvanted S. equi extracts and, more recently, SeM associated to different adjuvants, did not protect animals against infection with S. equi. Locally produced nasopharyngeal antibodies play an important role in the immune response of horses to protein antigens of S. equi, suggesting the nasal mucosa as a promising immunization route. Liposomes have been described as potent stimulators of mucosal immune response. The main purpose of the present work was to develop and characterize stable liposomes encapsulating S. equi antigens, and assess their potential as nasal vaccine delivery vehicle for eliciting specific humoral, mucosal and cellular immune responses. S. equi antigens encapsulated liposomes were prepared by dehydration— rehydration method followed by extrusion and fully characterized for their size, surface charge and encapsulation efficiency. Antigen integrity after encapsulation was confirmed by SDS-PAGE. The developed liposomes possessed +12mV zeta potential, an average vesicle size of 0,20 μm and encapsulation efficiency of ∼28%. Following intranasal administration, S. equi extract formulated in liposomes elicited humoral, mucosal and cellular immune responses. This antigen delivery system presents itself as a potential carrier for nasal immunization protecting the antigen from degradation and efficiently presenting it to the antigen presenting cells. As an alternative to positively charged liposomes, negatively charged liposomes were coated with chitosan by simple incubation method. The influence of mucoadhesive polymer chitosan on surface charge was also assessed.
Description: Tese de mestrado, Bioquímica, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/5628
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc099977_tm_Lara_Figueiredo.pdf1.6 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE