Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
IE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5686

Title: Sentir a educação no mundo rural : conhecer para intervir
Authors: Figueiredo, Fátima Patrícia Amaral, 1986-
Advisor: Alves, Natália, 1958-
Keywords: Cidadania
Activismo social
Educação não formal
Ocupação de tempos livres - Jovens
Trabalhos de projecto de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Abstract: Num mundo globalizado e cada vez mais urbano, urge pensar o futuro numa perspectiva de desenvolvimento sustentável, sendo por isso hora de parar e repensar o local, especialmente o rural e, mais do que perceber os efeitos das políticas adoptadas, importa (re)pensar estratégias que conduzam estes locais no caminho para o desenvolvimento glocal. Para que tal aconteça o processo necessita de ser cada vez mais endógeno para ser reconhecido e, posteriormente, apoiado de forma externa. Neste processo, o potencial humano pode ser uma das maiores forças para contrariar a constante desertificação e procura pelo litoral mas, para que isso aconteça, é importante que existam estratégias locais adequadas e contextualizadas, cujo impacto tem que dar aos habitantes locais motivos para quererem [continuar a] construir as suas vidas lá ou, mesmo, para criarem sinergias que atraiam outros públicos. Este trabalho consiste na criação de um projecto de ocupação de férias para jovens, entre os 12 e os 18 anos, levando-os a desenvolver competências de cidadania activa e a envolvê-los na construção da identidade do Concelho, sendo sempre partes activas do processo.
In a globalized and increasingly urban world, it is urgent to think the future from a sustainable development perspective, making it time to stop and rethink local, specially the rural world and, more than understanding the effects of policies adopted, it matters to (re)think strategies that can lead these places on the way to glocal development. For this to happen the process has to be increasingly more endogenous to be recognized and, later on, supported from the outside. In this process the human potential can be a major force to counter desertification and the constant search for the coast, but for that to happen it is important that there are locally appropriate and contextualized strategies, whose impact has to give local inhabitants reasons to want to [continue to] build their lives there, or even to create strengths that attract other audiences. This work consists on creating a project of holiday occupation for young people, between 12 and 18, leading them to develop skills of active citizenship and involving them in shaping the identity of the municipality, assuming always an active part in the process.
Description: Trabalho de projecto de mestrado, Ciências da Educação (Formação de Adultos), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/5686
Appears in Collections:IE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfpie039803_tm.pdf2.94 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE