Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
IE - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5893

Título: A aprendizagem da multiplicação numa perspectiva de desenvolvimento do sentido de número : um estudo com alunos do 1.º ciclo
Autor: Mendes, Maria de Fátima Pista Calado, 1963-
Orientador: Brocardo, Joana, 1956-
Oliveira, Hélia Margarida Aparício Pintão de, 1965-
Palavras-chave: Didáctica da matemática
Aritmética
Ensino básico (1º ciclo)
Teses de doutoramento - 2012
Issue Date: 2012
Resumo: Este estudo tem como objetivos: (i) compreender o modo como alunos do 3.º ano evoluem na aprendizagem da multiplicação numa perspetiva de desenvolvimento do sentido de número, no âmbito de uma trajetória de aprendizagem e (ii) descrever e analisar as potencialidades das tarefas e sequências de tarefas propostas na aprendizagem da multiplicação. Especificamente caracteriza: os procedimentos usados pelos alunos quando resolvem tarefas de multiplicação, a sua evolução, as dificuldades manifestadas e os aspetos do sentido de número revelados. Analisa, ainda, o contributo das tarefas e sequências de tarefas na aprendizagem. O quadro teórico integra duas temáticas essenciais: o sentido de número e a aprendizagem da multiplicação. O estudo segue uma metodologia de design research na modalidade de experiência de ensino. Os participantes são os alunos de uma turma do 3.º ano e a sua professora. A experiência de ensino na turma concretizou-se, durante um ano letivo, numa trajetória de aprendizagem. Esta foi construída, colaborativamente, pela investigadora e pela professora, que a desenvolveu na aula. As conclusões sobre os procedimentos usados pelos alunos quando resolvem tarefas de multiplicação evidenciam que: (i) utilizam uma grande diversidade de procedimentos; (ii) há alunos que usam vários procedimentos para realizar um mesmo cálculo; (iii) há procedimentos mais frequentes que outros e (iv) há alunos que têm preferência pelo uso de determinados procedimentos. Os resultados mostram, ainda, que a evolução dos procedimentos parece ser suportada pelas características das tarefas propostas (contextos, números e sua articulação e sequenciação) e pelo ambiente da aula. Ainda assim, esta evolução não é linear, nem se processa do mesmo modo para todos os alunos – alguns persistem em certos procedimentos e outros voltam a usar procedimentos menos potentes, perante tarefas com características particulares. A evolução dos procedimentos dos alunos evidencia, também, o desenvolvimento do seu sentido de número.
This study aims to (i) understand how third grade pupils evolve in the learning of multiplication within a learning trajectory focused on number sense development, and (ii) to describe and analyze the potential of the proposed tasks and sequences of tasks for pupils’ multiplication learning. It characterizes the procedures used by pupils when solving multiplication tasks, their evolution, the difficulties they face and the aspects of number sense they reveal. The study also analyses the contribution of tasks and sequences of tasks to pupils’ learning. The theoretical framework includes two key topics: number sense and multiplication learning. The study develops as a teaching experiment within a design research methodology. The participants are the pupils of one third grade class and their teacher. The teaching experiment occurred over one school year in a learning trajectory. The trajectory was built collaboratively between the researcher and the teacher, who developed it in the classroom. The findings on the procedures used by pupils when solving multiplication tasks show that (i) pupils use a great variety of procedures; (ii) some pupils use several procedures to perform the same calculation; (iii) some procedures are used more frequently than others; and (iv) there are some pupils who have a preference for certain procedures. Results also show that the procedures evolution seems to be supported by the characteristics of the proposed tasks (contexts, numbers and their coordination and sequencing) and by the classroom culture. Nevertheless, this evolution is not linear, nor does it occur in the same way for all pupils – some persist in certain procedures and others use less powerful procedures when presented with tasks with specific characteristics. The evolution of the pupils’ procedures is related to the development of their number sense.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (Didática da Matemática), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/5893
Appears in Collections:IE - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd062295_td_Maria_Mendes.pdf7,05 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE