Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Ciências Sociais (ICS) >
PERMOB - Identidade, migrações e religião (ICS-PERMOB) >
ICS - PERMOB - Actas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5951

Título: Ilhas, planaltos e travessias: os fluxos de madeirenses entre plantações e colónias
Autor: Bastos, Cristiana, 1959-
Palavras-chave: Madeira
Atlântico
Migrações
Colonização
Issue Date: 2011
Editora: Centro de Estudos de História do Atlântico
Citação: Bastos, C. (2011). Ilhas, planaltos e travessias: os fluxos de madeirenses entre plantações e colónias. In As ilhas e a Europa, a Europa das ilhas, pp. 187-196. Funchal: Centro de Estudos de História do Atlântico
Resumo: Este trabalho desenvolveu-se a partir de um nexo improvável entre uma notícia de nascimento ocorrido a bordo entre o Funchal e Moçâmedes e o encontro com uma lápide funerária no cemitério da Humpata, no planalto da Huíla, Angola. Pesquisava então uma travessia em dois trechos, um marítimo e outro terrestre, pelo Atlântico até ao Sul de Angola, pela Serra acima até à Huíla, tudo passado na década de 1880. Foram protagonistas materiais dessas travessias o navio Índia, da Marinha portuguesa, e os carros de bois alugados a boers passantes por Moçâmedes. Foram protagonistas humanos umas centenas de madeirenses que atravessaram mar e serra e nas terras altas criaram comunidades, constituindo-se como os primeiros colonos; entre eles a mais nova de todos, a bebé Maria Índia, com o nome do barco em que nasceu, na travessia, e sepultada no planalto que um dia visitei. Ao seguir este nexo e recriar a hipotética figura de Maria Índia, que afinal era personagem histórica sobre quem hoje tenho depoimentos da família, histórias e retratos, estava a encetar uma nova aventura de pesquisa cujos contornos eu mal antevia e me trazem hoje para tempos mais remotos, espaços mais amplos e contextos sociais mais duros - o mundo da plantação do açúcar e dos seus contratos de trabalho em vários pontos do Atlântico e do Pacífico desde a década de 1830 – e a questões teóricas mais complexas em torno da deslocação humana.
URI: http://hdl.handle.net/10451/5951
ISBN: 978-972-8263-73
Appears in Collections:ICS - PERMOB - Actas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ICS_20120413_CristianaBastos_Ilhas.pdf668,49 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia