Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Ciências Sociais (ICS) >
PERMOB - Identidade, migrações e religião (ICS-PERMOB) >
ICS - PERMOB - Actas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5951

Título: Ilhas, planaltos e travessias: os fluxos de madeirenses entre plantações e colónias
Autor: Bastos, Cristiana, 1959-
Palavras-chave: Madeira
Atlântico
Migrações
Colonização
Issue Date: 2011
Editora: Centro de Estudos de História do Atlântico
Citação: Bastos, C. (2011). Ilhas, planaltos e travessias: os fluxos de madeirenses entre plantações e colónias. In As ilhas e a Europa, a Europa das ilhas, pp. 187-196. Funchal: Centro de Estudos de História do Atlântico
Resumo: Este trabalho desenvolveu-se a partir de um nexo improvável entre uma notícia de nascimento ocorrido a bordo entre o Funchal e Moçâmedes e o encontro com uma lápide funerária no cemitério da Humpata, no planalto da Huíla, Angola. Pesquisava então uma travessia em dois trechos, um marítimo e outro terrestre, pelo Atlântico até ao Sul de Angola, pela Serra acima até à Huíla, tudo passado na década de 1880. Foram protagonistas materiais dessas travessias o navio Índia, da Marinha portuguesa, e os carros de bois alugados a boers passantes por Moçâmedes. Foram protagonistas humanos umas centenas de madeirenses que atravessaram mar e serra e nas terras altas criaram comunidades, constituindo-se como os primeiros colonos; entre eles a mais nova de todos, a bebé Maria Índia, com o nome do barco em que nasceu, na travessia, e sepultada no planalto que um dia visitei. Ao seguir este nexo e recriar a hipotética figura de Maria Índia, que afinal era personagem histórica sobre quem hoje tenho depoimentos da família, histórias e retratos, estava a encetar uma nova aventura de pesquisa cujos contornos eu mal antevia e me trazem hoje para tempos mais remotos, espaços mais amplos e contextos sociais mais duros - o mundo da plantação do açúcar e dos seus contratos de trabalho em vários pontos do Atlântico e do Pacífico desde a década de 1830 – e a questões teóricas mais complexas em torno da deslocação humana.
URI: http://hdl.handle.net/10451/5951
ISBN: 978-972-8263-73
Appears in Collections:ICS - PERMOB - Actas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ICS_20120413_CristianaBastos_Ilhas.pdf668,49 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia