Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT) >
IGOT - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6073

Título: A Agência de avaliação e acreditação do ensino superior e a garantia da qualidade na Universidade de Lisboa
Autor: Cavaco, Ester Miriam Franco Marques,1985-
Orientador: Costa, Eduarda Marques da,1966-
Correia, António Carlos da Luz,1957-
Palavras-chave: Universidade de Lisboa
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior - Portugal
Ensino superior - Portugal
Avaliação das universidades
Acreditação das universidades
Garantia de qualidade
Relatório de estágio de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: A Garantia da Qualidade no ensino superior tem ocupado as prioridades da agenda europeia. Este tema tem sido amplamente discutido e incluído nas metas das políticas europeias para o ensino superior. De forma a alcançar um ensino de qualidade, a Europa tem protagonizado uma campanha educativa que pretende quebrar com as estruturas conversadoras do passado e introduzir métodos inovadores. O Processo de Bolonha foi o primeiro e o grande exemplo deste empenhamento. O presente relatório debruçar-se-á sobre os esforços dispendidos desde então, com vista à promoção de um ensino de qualidade. Parte-se do conceito central de garantia da qualidade, comum às três dimensões em que ela se manifesta: a europeia, a nacional e a da Universidade de Lisboa. Do geral para o particular, esta análise pretende evidenciar a forma como está a ser encarada a garantia da qualidade na Europa, em Portugal e na Universidade de Lisboa (escolhida como caso de estudo). Os governos nacionais e, sobretudo, as instituições de ensino superior, deparam-se com novas prioridades, algumas impostas pelas normas europeias, outras pela necessidade de competir e ocupar lugares de destaque. Todavia, não deve haver enganos: os desafios que se colocam são complexos e exigem um longo trabalho e empenhamento. Para ele devem contribuir não só governos e lideranças das IES, como também estudantes, professores e funcionários, chamados a intervir neste processo. Os apoios oferecidos às IES são crescentes e exemplo disso é o surgimento de associações como a ENQA, a EUA e outras. Na demanda da reforma educativa, estas associações prestam um auxílio precioso às instituições, garantindo que estas estão a implementar correctamente as normas europeias para o ensino superior. Particularmente a Universidade de Lisboa, alvo destes apoios, para além de ter submetido os seus ciclos de estudos à acreditação, ela própria submeteu-se a um processo de avaliação institucional.
Abstract: The Quality Assurance in Higher Education has been among the top priorities in European agenda. This subject has been thoroughly discussed and included in the goals of European policies for Higher Education. In order to reach a qualified education, Europe has performed an educational campaign intending to break with all conservative structures of the past and introduce innovative methods. The Bologna Process has been the first and the greatest of this commitment. This report will deal with the efforts exerted, since then, in innovation, having in mind the promotion of quality education. It is based on the general concept of quality assurance, common to its three dimensions: European, national and concerning the University of Lisbon. From general to particular, this analysis aims at showing the way how the quality assurance is being faced in Europe, in Portugal and the University of Lisbon (chosen as a case study). National governments and in a special way the institutions of higher education are facing new priorities, some of which imposed by European norm, and others by the need to compete and take eminent positions. However, there should be no mistakes: the emerging challenges are complex and demand a long and committed work. Not only must governments and IES leadership contribute for this, but also the students, teachers and school workers called to have an intervention in this process. The supports offered to IES are in growing numbers and an example of this is the emergence of such associations as ENQA, EUA and others. In the pursuit of educational reform, these associations give a precious help to institutions, ensuring that these are correctly implementing the European norms for higher education. In particular, the University of Lisbon, goal of these supports, besides having submitted its cycles to accreditation, it has submitted itself to a process of institutional
Descrição: Relatório de estágio de mestrado, Geografia - Políticas Europeias, Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/6073
Appears in Collections:IGOT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
igotul001429_tm.pdf5,47 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia