Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6165

Title: Nomadismo no mundo actual: mobilidade de migrantes qualificados e identidades culturais
Authors: Rodrigues, Arlete Manuela Brites de Oliveira
Advisor: Esteves, Alina Isabel Pereira,1969-
Keywords: Globalização
Trabalhadores migrantes
Mobilidade profissional
Identidade cultural
Multiculturalismo
Teses de mestrado - 2012
Issue Date: 2012
Abstract: A globalização levou à necessidade de uma dinâmica de intercâmbios de competências entre vários países que se tem intensificado, gerando mudanças nas características, perfis e vagas dos migrantes, o que alterou o panorama das migrações do século XXI. Portugal não escapou a estasmudanças, não só pela alternância nos papéis dos agentes das migrações, ao passarmos de país de emigrantes a país que é igualmente de imigração, como também pelas alterações verificadas nas características desses mesmos agentes, agora detentores de qualificações académicas mais elevadas. Considerada a terceira grande vaga de emigração portuguesa, a saída destes profissionais qualificados processa-se de forma bem diferente das vagas anteriores, quer pelos motivos que levaram à partida, não apenas por factores económicos, mas sobretudo pela progressão na carreira, quer pelas dificuldades de integração noutro país, agora minimizadas por uma melhor preparação cultural e linguística. Nesta investigação, procurou-se auscultar a opinião de uma amostra de portugueses qualificados, dispersos por 19 países de quatro continentes, relativamente a todas as contingências associadas a um quadro de mobilidade e instabilidade: pessoais, familiares, profissionais, identitárias. Este último mereceu especial destaque pela preocupação com a questão da identidade nacional numa vivência multicultural, muitas vezes associada a um percurso de nomadismo. Os dados obtidos levam-nos a concluir que, na generalidade dos casos, encontramos uma personalidade híbrida, culturalmente adaptada e adaptável ao país de destino, sem no entanto eliminar ou ocultar a cultura da pátria de origem. Ao contrário, (depois de nas descobertas, termos levado novos mundos ao mundo) estes portugueses espalhados pelo globo, funcionam como excelentes representantes, divulgando o nosso mundo aos outros mundos.
ABSTRACT: Globalization has led to the need for a dynamic exchange of skills that has grown between several countries, which has recently increased and led to changes in the characteristics, profiles and positions of migrants, hence modifying the prospect of migrations in the twentyfirst century. Portugal was not an exception, not only due to a change in the roles of the migration agents in Portugal moving from a country of emigrants to a country of immigrants but also due to the changes in the characteristics of those agents, now holding higher academic qualifications. Taking into consideration the on-going third wave of Portuguese emigration, the exit of these qualified professionals is rather different from the former ones, either for the reasons that led to the departure not only by economic factors, but also by promotion prospects or by the difficulties of integrations in a foreign country, nowadays certainly minimized by a better cultural and linguistic preparation. In this study we have tried to hear the opinion of qualified Portuguese spread over 19 countries on four continents, with regards to the contingencies related to a framework of mobility and instability in personal, family, professional and identity terms. This last factor deserved particular attention in view of the concern regarding the issue of national identity in a multicultural environment often associated with a nomadic life. The collected data leads us to conclude that, in most cases, we find a hybrid personality, culturally adapted and adaptable to the country of destination, without, however, eliminating or hiding the culture of the country of origin. On the contrary (after, during the period of the discoveries, having taken new worlds to theWorld), these Portuguese around the world, act asperfect representatives, by disclosing our world to other worlds .
Description: Tese de mestrado, Cultura e Sociedade na Europa, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6165
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl114853_tm_anexo.pdfAnexo419.8 kBAdobe PDFView/Open
ulfl114853_tm.pdfTese7.3 MBAdobe PDFView/Open
ulfl114853_tm_capa.pdfCapa9.38 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE