Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/6277
Título: Comunicação interpessoal nas escolas : um estudo com alunos do 6º e 9º anos de escolaridade
Autor: Gonçalves, Maria Luísa Martins Ferreira, 1967-
Orientador: Veiga, Feliciano
Palavras-chave: Comunicação interpessoal
Comunicação organizacional
Rendimento escolar
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2012
Resumo: A comunicação interpessoal nas escolas reveste-se de uma grande importância, podendo adoptar diferentes modalidades. O objectivo deste estudo foi procurar respostas para o seguinte problema geral: Como é que os alunos do ensino básico (6º e 9º anos de escolaridade) percepcionam a comunicação nas escolas? Mais especificamente, o estudo aqui apresentado incidiu nas seguintes questões de estudo: Q1 – Quais as representações dos alunos acerca de aspectos específicos da comunicação da escola? Q2 – Será que existem diferentes percepções de comunicação, nos alunos de agrupamentos diferentes? Q3 – Como se diferenciam os alunos, nas dimensões da comunicação, em função do seu aproveitamento a Matemática? Q4 – Como se diferenciam os alunos, nas dimensões da comunicação, em função do seu aproveitamento a Português? Q5 – Como se diferenciam os alunos, nas dimensões da comunicação, em função do seu rendimento escolar global? Q6 – Que correlação existe entre o ano de estudo desejado pelos alunos e as suas representações acerca da comunicação na escola? A amostra foi constituída por alunos do 6º e 9º ano de escolaridade, num total de 247 sujeitos. Para a avaliação da comunicação, foi utilizada uma metodologia quantitativa através da construção de um instrumento específico, denominado “Escala de Avaliação da Comunicação Interpessoal nas Escolas Percepcionada pelos Alunos” (EACIE-PA). Trata-se de uma escala com qualidades psicométricas que, nas suas diferentes dimensões, merecem posterior aprofundamento de estudo. A análise dos resultados permitiu encontrar diferenças nas dimensões da comunicação, em função das variáveis consideradas, e correlações estatisticamente significativas entre os itens das percepções dos alunos acerca da comunicação da escola e o seu aproveitamento escolar. O estudo inclui a discussão dos resultados e a sua comparação com outras investigações, remetendo para a necessidade de novas pesquisas, em função de novos contextos e ao longo da escolaridade.
Interpersonal communication in schools is of great importance and can take different forms. The aim of this study was to seek answers to the following general problem: How do elementary school students (6th and 9th years of schooling) perceive the interpersonal communication in schools? More specifically, the presented study assessed the following study questions: Q1 – How students are distributed by specific aspects of communication, in terms of low or high communication skills? Q2 – Will students from different groups of schools have different perceptions of interpersonal communication? Q3 – How are students differentiated, in the communication dimensions, as a function of their use of Mathematics? Q4 – How are students differentiated, in the communication dimensions, as a function of their use of Portuguese? Q5 – How students differ in the dimensions of communication, depending on their overall academic performance? Q6 – What correlation exists between the year of study desired by the students and their representations about communication in school? The sample consisted of students from 6th and 9th grade, a total of 247 subjects. For the assessment of communication, we proceeded to build a specific instrument, the Interpersonal Communication in Schools Scale, Perceived by Students (EACIE-PA). This is a scale with psychometric qualities which, in its various dimensions, requires further study. The results allowed to find differences in the dimensions of communication, depending on the variables considered and statistically significant correlations between items of student´s perceptions of interpersonal communication in school and their academic performance. The study includes a discussion of the results and their comparison with other investigations, citing the need for further research, according to new variables and lifelong education.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Administração e Organização Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6277
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie040025_tm.pdf2,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.