Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6370

Título: Pesquisa de bacteriófagos de Helicobacter pylori
Autor: Marques, Miguel Sardinha, 1988-
Orientador: Vítor, Jorge Manuel Barreto, 1958-
Santos, Mário de Almeida, 1955-
Palavras-chave: Bacteriófagos
Helicobacter pylori
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Os bacteriófagos são das entidades biológicas mais abundantes na Terra, estimando-se que o seu número seja aproximadamente 1032. Apesar da sua abundância só em 1917 é que foram denominados como tal por Felix d’ Hérelle. O seu estudo pode ser dividido em 3 períodos, sendo o primeiro logo após a sua descoberta, aplicando-se em terapia em animais e humanos; com o surgimento dos antibióticos o interesse em fagos diminuiu tendo sido estudados ao nível da estrutura e interacções hospedeiro-fago, originando a biologia molecular; actualmente tenta-se compreender o papel destes ao nível ecológico e usar no controlo de populações bacterianas patogénicas. Uma das bactérias patogénicas é Helicobacter pylori, associada a diversas patologias ao nível da mucosa gástrica humana, o seu ambiente natural. Actualmente não existe uma colecção de fagos disponível contra este microrganismo apesar do elevado número e ubiquidade. Neste trabalho pretendeu-se o isolamento e caracterização de bacteriófagos desta espécie, tornando estes disponíveis para futuros estudos sobre a importância que estes podem ter ao nível da virulência, ecossistema e biologia deste microrganismo. Foram adoptadas várias metodologias com vista a alcançar o objectivo, iniciando-se com a pesquisa de fagos líticos em amostras ambientais, indução de profagos integrados, tendo esta indução sido feita em meio líquido e sólido, com recurso a radiação ultra violeta, mitomicina C e outros agentes descritos como indutores de profagos, observando-se por microscopia electrónica o efeito sobre as estirpes. Estes procedimentos foram feitos em paralelo com outros 2 géneros bacterianos Escherichia e Campylobacter. Por fim foi realizada uma pesquisa de profagos com recurso à técnica de PCR, usando primers específicos para sequências conservadas e descritas como pertencendo a um profago de H. pylori. Apesar de não se ter isolado e caracterizado qualquer fago de H. pylori, foi possível a sua detecção ou seus remanescentes em 20% das estirpes usadas, por PCR. No entanto a indução de profagos com radiação UV e observação por microscopia electrónica de varrimento mostrou indícios da presença de fagos líticos, contudo fica a dúvida se se trata do fenómeno de autolise programada.
Bacteriophages are the most abundant biological entities on Earth, with an estimated number of about 1032. Despite its abundance only in 1917 they were named as such by Felix d'Hérelle. The study of phages can be divided into three periods, the first soon after their discovery, applying therapy in animals and humans, but with the advent of antibiotics interest in phages decreased; then they have been studied in terms of structure and host-phage interactions, resulting in the beginning of molecular biology; today studies are trying to understand the role of the phages on ecological level and use to control pathogenic bacterial populations. One of these pathogens is the bacterium Helicobacter pylori which is associated with various human pathologies located in the gastric mucosa, its natural environment. Today despite the high number of phages there are no collections of these available against this organism. This work aimed to isolate and characterizes H. pylori bacteriophages, making these available for future studies on the importance that they may have in terms of virulence, ecosystem and biology of this microorganism. Various methodologies have been adopted to achieve the goal, starting with the lytic phage research in environmental samples, induction of integrated prophages, and this induction was performed in liquid and solid, using ultraviolet radiation, mitomycin C and other agents reported as prophages inducers, observing the effect on the strains by electron microscopy. These procedures were performed in parallel with two other bacterial genera Escherichia and Campylobacter. Finally we conducted a survey of prophages using the PCR, with specific primers for conserved sequences that were described as belonging to a H. pylori prophage. Although we haven’t isolated and characterized any H. pylori phage, it was possible to detect these or these remaining in 20% of the strains used by PCR. However, the prophages induction with UV radiation and observation by scanning electron microscopy showed evidence of the presence of lytic phages, there is the question regarding if it is the phenomenon of programmed autolysis.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Microbiologia Aplicada). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/6370
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc092815_tm_miguel_marques.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia