Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6387

Título: Avaliação de usos e da composição química dos óleos essenciais de algumas plantas aromáticas e medicinais utilizadas em Lisboa e Bragança
Autor: Moura, Natacha Sofia Greno de, 1986-
Orientador: Carvalho, Ana Maria
Figueiredo, Ana Cristina da Silva, 1959-
Palavras-chave: Plantas aromáticas
Plantas medicinais
Óleos essenciais
Etnobotânica
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Este trabalho é uma contribuição para o estudo de algumas plantas aromáticas da flora de Portugal, Achillea millefolium, Centaurium erythraea e Filipendula ulmaria, partindo de uma abordagem integrada dos saberes e práticas tradicionais e da composição química dos seus óleos essenciais. A análise etnobotânica incluiu duas zonas diferentes, uma rural (Bragança) e outra urbana, mas ainda com vestígios de alguma ruralidade (Odivelas - Lisboa), onde foram inquiridos dois grupos distintos, comerciantes de produtos naturais e consumidores. Para a análise dos óleos essenciais foram obtidas amostras de plantas silvestres colhidas em Bragança e duas amostras comerciais para cada espécie. No total dos inquiridos a espécie mais reconhecida e usada foi a Centaurium erythraea, mencionada por 77% informantes. Achillea millefolium e Filipendula ulmaria foram reconhecidas por 60% dos informantes. Os inquéritos revelam que Centaurium erythraea é usada principalmente para problemas do aparelho digestivo e diabetes, Achillea millefolium pelo seu efeito diurético e para problemas digestivos e circulatórios, enquanto a Filipendula ulmaria é usada para sintomatologias ligadas também ao aparelho digestivo e como diurético. A componente química deste trabalho, o estudo dos óleos essenciais de Achillea millefolium, Centaurium erythraea e Filipendula ulmaria, permitiu analisar as diferenças em termos de compostos voláteis entre as plantas silvestres recolhidas no meio natural e as mesmas plantas comercializadas nas lojas de produtos naturais. Os óleos essenciais isolados das três amostras analisadas de Achillea millefolium mostraram algumas diferenças nos constituintes maioritários, enquanto para os óleos essenciais extraídos das amostras de Centaurium erythraea não se encontrou correspondência em termos de grupos de compostos ou constituintes maioritários. Os óleos essenciais isolados de duas das amostras de Filipendula ulmaria, a espontânea e uma das comerciais, mostraram correspondência dos compostos maioritários, a terceira amostra comercial revelou grandes diferenças em termos da composição do óleo essencial.
This work aimed to deepen the study of some aromatic plants of the Portuguese flora, Achillea millefolium, Centaurium erythraea and Filipendula ulmaria, carrying out a combined approach of traditional knowledge on plant-use and the chemical composition of their essential oils. The ethnobotany analysis included two different zones, a more rural area (Bragança) and an urban area, but with some trace of rurality (Odivelas - Lisbon), where informants were from two distinct groups, traders and consumers of natural products. For the analysis of essential oils samples of wild plants were gathered in Bragança and two commercial samples for each species were bought at Bragança and Odivelas stores. The total of informants recognized and used most the species Centaurium erythraea mentioned by 77%. Achillea millefolium and Filipendula ulmaria were recognized by 60% of the informants. This work show that Centaurium erythraea is mainly used for digestive problems and diabetes, Achillea millefolium for diuretic, digestive and circulatory conditions, while Filipendula ulmaria uses are also linked to the digestive system and as a diuretic. The chemical component of this work included the study of essential oils of Achillea millefolium, Centaurium erythraea and Filipendula ulmaria and allowed us to analyze the differences in terms of volatile compounds from wild plants collected in the wild and sold in some health food stores. The essential oils isolated from the three samples of Achillea millefolium showed some differences in the main components, whereas the essential oils isolated from Centaurium erythraea showed no resemblance in terms of main components or main groups. The essential oils isolated from two of the Filipendula ulmaria samples, the spontaneous and one of the commercial ones, showed similar main components, while the third sample showed major differences in the essential oil composition
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia Celular e Biotecnologia). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/6387
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc092817_tm_natacha_moura.pdf1,74 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE