Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Educação, Desenvolvimento e Formação (FC-DE-CIE-GIEDF) >
FC-DE-CIE-GIEDF - Artigos em Revistas Internacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6414

Título: Um contrato didáctico inovador em aulas de ciências do 10.º ano de escolaridade
Autor: Almeida, Paulo
César, Margarida
Palavras-chave: Contrato didáctivo
Trabalho colaborativo
Ensino das ciências
Socioconstrutivismo
Issue Date: 2006
Citação: Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciências, Artigo 9, volume 5, número 2
Resumo: O ensino das Ciências continua a privilegiar, fundamentalmente, o desenvolvimento de capacidades de baixo nível, relativas à memorização de factos, conceitos e leis. Existe uma necessidade premente de alteração das práticas, atribuindo ao aluno um papel social relevante na construção do conhecimento e permitindo criar uma imagem dinâmica da construção da Ciência. No contrato didáctico habitual, os professores ensinam/questionam e os alunos aprendem/respondem. Quando pretendemos implementar um contrato didáctico inovador, algumas regras necessitam ser explicitadas, promovendo uma ruptura relativamente às regras anteriormente apropriadas pelos alunos. Numa investigação-acção baseada numa metodologia de inspiração etnográfica, procurou-se compreender a realidade complexa e dinâmica das interacções em sala de aula. Este estudo foi desenvolvido com uma turma do 10º ano (22 alunos), na disciplina de Ciências da Terra e da Vida. Os dados foram recolhidos através de observação participante (incluindo gravação áudio de interacções entre alunos), entrevistas, questionários e recolha documental. Procedeu-se à sua análise qualitativa, criando categorias indutivas. Os resultados iluminam que a adesão a contratos didácticos inovadores não é imediata. Alunos e professor tornaram-se progressivamente mais autónomos e críticos, passando a actuar como participantes legítimos de uma comunidade de aprendizagem, respondendo aos desafios das práticas pedagógicas implementadas e melhorando os seus desempenhos.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/6414
ISSN: 1579-1513
Versão do Editor: www.saum.uvigo.es/reec/volumenes/volumen5/ART9_Vol5_N2.pdf
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Almeida & César, 2006.pdf103,58 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE