Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Educação, Desenvolvimento e Formação (FC-DE-CIE-GIEDF) >
FC-DE-CIE-GIEDF - Capítulos de Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6434

Título: Investigação dos comportamentos escolares disruptivos: Duas escalas de avaliação
Autor: Veiga, Feliciano
Palavras-chave: Disruptive behavior
Violence in school
Bullying
Assessment
Issue Date: 2007
Editora: Universidad de Almería, Grupo Editorial Universitario
Citação: Veiga, F. (2007). Investigação dos comportamentos escolares disruptivos: Duas escalas de avaliação. In J. Linares; M. Fuentes, A. Díaz, N. Rossel (Coord.). Mejora de la convivencia y programas encaminados a la prevención y intervención de la coso escolar (pp. 71-77). Espanha, Almería: Universidad de Almería, Grupo Editorial Universitario.
Resumo: O Conselho Europeu assinalou recentemente que a violência nas escolas constitui um problema escolar e declarou a necessidade de os sistemas educativos se preocuparem em educar para a paz. Em vários países, as escolas estão hoje confrontadas com níveis de indisciplina que, por vezes, tornam difícil um clima propício ao ensino e à aprendizagem. O presente estudo inclui informação acerca da avaliação da disrupção escolar, retoma a Escala de Disrupção Escolar Inferida pelos Professores (EDEI), apresenta investigações com ela realizadas e descreve novos elementos, numa abordagem da sua multidimensionalidade, que originou a versão denominada EDEI-2006. São, ainda, relatadas investigações com a Escala de Disrupção Escolar Professada pelos Alunos (EDEP), envolvendo vários países europeus. Os elementos apresentados mostraram-se consistentes e salientam as qualidades destas escalas de disrupção escolar, bem como a sua utilidade na investigação em Psicologia e em Educação, quer em estudos de natureza diferencial quer em estudos de tipo quase experimental, tanto em grupos nacionais como em grupos europeus.
The European Council noted recently that violence in schools is a big problem and stated the need of the education systems to educate for the peace. In several countries, schools are today faced with levels of violence which make difficult an environment of teaching and learning. This study includes information about the evaluation of school disruption, takes over the Disruptive Behavior Scale Inferred by Teachers (EDEI), has conducted investigations with it and describes new evidence, an approach of its multidimensionality, which resulted in the version called EDEI-2006. They are also reported investigations with the Disruptive Behavior Scale Professed by Students (EDEP), involving several European countries. The presented evidence showed itself as consistent and highlight the qualities of these school disruption scales, and its usefulness in psychological and educational research, either on differential studies or quase-experimentalresearch design, both in national groups such as European groups.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/6434
ISBN: 978-84-8491-873-8
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Investigação_ comportamentos_escolares_disruptivos.pdf1,13 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia