Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/6549
Título: Manuais escolares no 3º ciclo : perspectivas e práticas de professores e alunos
Autor: Sousa, Liliana Maria Pereira da Rocha Fernandes Monteiro, 1972-
Orientador: Oliveira, Hélia Margarida Aparício Pintão de, 1965-
Palavras-chave: Didáctica da matemática
Manuais escolares
Aprendizagem da matemática
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: Esta investigação visa conhecer as perspectivas de uma professora de Matemática de uma turma do 8.º ano sobre o manual escolar adoptado, papel deste na planificação das aulas e respectivo uso nas actividades escolares (englobando professores e alunos). Pretende, ainda, identificar as formas como a professora e os seus alunos utilizam o manual escolar, em particular no capítulo das Funções, e compreender como o uso do manual pelos alunos é influenciado pela forma como a professora o media nas suas aulas. O estudo usa uma metodologia mista, no entanto, a principal abordagem é qualitativa. Os dados foram recolhidos a partir de entrevistas semi-estruturadas dirigidas à professora e a três alunos e da observação de aulas e de um questionário aplicado a todos os alunos da turma. No estudo realça-se que a professora considera o manual adoptado como um bom auxiliar utilizando-o, essencialmente, na preparação das aulas para seleccionar as tarefas a propor aos alunos. Na fase de planificação das aulas constrói o seu próprio material com a ajuda de outros recursos para introduzir os conteúdos a leccionar. No capítulo das Funções, o manual escolar foi integrado na sua prática lectiva apenas para resolver exercícios e problemas e corrigir os trabalhos de casa. Este recurso curricular é visto como um facilitador do seu trabalho. Os alunos usam o manual escolar, principalmente, para resolverem as tarefas ali propostas, quer nas aulas quer em casa, a pedido da professora. Verifica-se, no entanto, que também o fazem por iniciativa própria e que o valorizam bastante. Os resultados sugerem que estes são influenciados pela forma como a professora promove o uso do manual mas também que desenvolveram outras formas de uso substancialmente diferentes: para ler a explicação dos conteúdos, observar exemplos resolvidos para resolver exercícios, resolver outros exercícios e problemas, estudar previamente os conceitos, ler o resumo da secção essencial, consultar quadros resumos e verificar as soluções. Para além do manual escolar, a maioria dos alunos integra no seu estudo outros materiais para ter acesso a outras tarefas. Outro resultado a realçar, é que em situações em que o aluno sente mais dificuldade na disciplina, tende a apoiar-se mais no manual.
This study attempts to obtain in depth knowledge about an 8th grade Math teacher’s beliefs about the selected math textbook, its role in the planning of lessons and its use in the school activities (encompassing both teachers and students). It intends also to identify ways how the teacher and its students use the math textbook, in particular in the Functions chapter, and understand how its use by the students is influenced by the way the teacher mediate its use in the classroom. The study utilizes a mixed methodology; nonetheless, the primary approach is qualitative. The results were obtained from semi-structured interviews with the teacher and three students, from observation during class and from a questionnaire directed to all the class students. The study reveals the teacher’s belief that the adopted manual is a good aid, utilizing it primarily in the preparation of lessons, to select the tasks to be proposed to students. In the lesson planning phase, the teacher constructs its own learning material with the aid of other resources in order to introduce the contents to be taught in class. In the Functions chapter, the manual was integrated in its lecturing activity only to resolve exercises and work problems/tasks and to correct homework. This curriculum resource is seeing as a facilitator of his work. The students use the manual primarily to resolve tasks that are presented therein, whether in class or at home, as requested by the teacher. It is observed however, that the students use the manual on their own and that they value the manual highly. The results suggest that the students are influenced by the way the teacher promotes the use of the manual but also that the students develop their own ways of using the manual that are substantially different: to read the chapter explanations, analyze worked examples to assist in resolving problems, resolve other exercises and problems, study the concepts prior to the lessons, read the summary of the main section, consult the summaries and verify solutions. Besides the manual, the majority of the students integrate in their study other materials to have access to other tasks. Another result to highlight is the recourse by the student to the manual when encountering learning difficulties in math.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Didáctica da Matemática), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/6549
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie040107_tm.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.