Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/6609
Título: Caracterização do ruído subaquático produzido pelo tráfego marítimo no Estuário do Sado e potenciais impactos sobre a população residente de Tursiops truncatus (Montagu, 1821)
Autor: Cruz, Erica Mogas, 1987-
Orientador: Andrade, Francisco, 1956-
Santos, Manuel Eduardo dos
Palavras-chave: Mamíferos aquáticos
Golfinhos
Impacto ambiental
Ruído
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O tráfego marítimo contribui para o aumento do ruído ambiente no meio marinho. No estuário do Sado localiza-se um dos portos mais importantes de Portugal, o Porto de Setúbal e nele habita a única população residente de golfinhos-roazes, Tursiops truncatus, de Portugal continental. Tal como nas restantes espécies de cetáceos existe uma grande dependência do ambiente acústico para atividades tão importantes como a alimentação, reprodução e manutenção da coesão do grupo. Desta forma qualquer som que interfira com o canal acústico pode por em risco o bem-estar e a sobrevivência dos indivíduos. Neste trabalho caracterizou-se o ambiente acústico subaquático do estuário do Sado, o ruído subaquático produzido por diferentes tipos de embarcação e foram estudados os potenciais impactos na população de golfinhos-roazes. O ruído ambiente caracterizou-se através de 64 gravações de ruído ambiente com a duração de 3 minutos cada. Para cada tipo de embarcação foram efetuadas gravações isoladas e determinadas as bandas dominantes de ruído. O impacto do ruído gerado pelas embarcações foi estimado calculando as zonas de audibilidade, de potencial resposta comportamental, de mascaramento de sinais e de alteração temporária do limiar de audição. O nível de ruído ambiente é elevado e predominam sons de baixa frequência. As bandas dominantes de ruído das embarcações variam entre 400 Hz e 10 kHz, sendo as embarcações de recreio e traineiras as que emitem sons em frequências mais elevadas. O potencial impacto do ruído produzido pelas diferentes embarcações é variável. Os raios estimados foram inferiores a outros revelados por outros estudos, resultado dos parâmetros utilizados para definir as zonas de impacto. Ficou evidente, neste trabalho, que as principais fontes de ruído subaquático, no estuário do Sado, são o tráfego marítimo e a atividade portuária e que o potencial impacto do ruído produzido pelas diferentes embarcações é variável.
Maritime traffic contributes heavily to the global increase of underwater ambient noise. One of the most important harbours in Portugal, Setúbal Harbour, is located in the Sado estuary. Here lives the only resident bottlenose dolphins, Tursiops truncates, population in Continental Portugal. It is the Port of Setúbal where dwells the unique bottlenose resident population in Continental Portugal, Tursiops truncatus. Like other cetaceans, dolphins depend on the acoustic sense for important activities such as feeding, reproduction and maintenance of social cohesion. Therefore any significant noise may endanger the well-being and survival of the individuals. In this work, underwater acoustic environment and the underwater noise generated by different types of vessels in the Sado estuary, was characterized, and potential impacts on the population of bottlenose dolphin were evaluated. Environmental noise was measured in 64 audio recordings with each record lasting three minutes. For each kind of vessel, isolated recordings allowed the determination of the dominant noise bands. The impact of noise generated by the vessels was estimated by calculating the zones of audibility, responsiveness, masking and zone of temporary threshold shift. The ambient noise level is considerable and sounds of low frequencies are predominant. The dominant noise bands of vessels vary between 400 Hz e 10 kHz and recreational boats and seiners are the ones that emit sounds with the higher frequencies. Potential impact of the noise originated noise by the different kinds of vessels is variable. The estimated radiuses were inferior to those from other studies because of differences in the parameters used to define the impact zones. Maritime traffic and harbour activities contribute greatly to underwater ambient noise at Sado Estuary. Also, the potential impact of the noise originated by the different kinds of vessels is variable.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia Marinha). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6609
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc092895_tm_erica_cruz.pdf3,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.