Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6642

Title: Semiótica social e imprensa:o layout da primeira página de jornais portugueses sob o enfoque analítico da gramática visual
Authors: Carvalho, Flaviane Faria, 1984-
Advisor: Pedro, Emília Ribeiro, 1946-
Magalhães, Célia, 1952-
Keywords: Língua portuguesa - Análise do discurso
Jornais portugueses - Linguagem
Comunicação visual
Semiótica e cultura
Teses de doutoramento - 2012
Issue Date: 2012
Abstract: A nova ordem social estabelecida pela influência da publicidade e avanço das tecnologias multimídia tem demandado a criação de novos tipos de design, layouts e outros recursos semióticos visuais utilizados pela comunicação social. Uma consequência disso é a necessidade de desenvolver e tornar acessíveis conceitos, técnicas e convenções, para que seja possível compreender e empregar adequadamente esses novos recursos e possibilidades de trabalho comunicativo. No contexto acadêmico português de pesquisas no âmbito da Linguística Aplicada, tem havido um interesse crescente por estudos sobre multimodalidade, abordagem centrada na análise e interpretação de todos os demais modos semióticos que acompanham a escrita em um determinado tipo de texto ou evento comunicativo. Desta perspectiva, a presente tese de doutoramento visa contribuir para esse campo de pesquisa a partir da análise multimodal do layout da primeira página dos jornais portugueses tidos como de maior referência e/ou vendagem no país: o Diário de Notícias, o Correio da Manhã e o Público, edições de Sábado coletadas durante o mês de Fevereiro de 2008. O principal objetivo é verificar as tendências destes jornais quanto à representação e produção de significados sociais, bem como à orientação nas preferências e posições de leitura de seu público-alvo, através da composição visual de suas respectivas primeiras páginas. O referencial teórico da pesquisa é o da Semiótica Social em interface com a abordagem multimodal (Hodge & Kress, 1988; Kress & van Leeuwen, 1996, 1998, 2001, 2006). A grelha metodológica baseia-se na aplicação do sistema de significados composicionais oferecido pela gramática visual (Kress & van Leeuwen, 1996; Machin, 2007), além do sistema paramétrico de significados sociossemióticos das cores (Kress & van Leeuwen, 2002; van Leeuwen, 2011) e da tipografia (van Leeuwen, 2006). Os principais resultados encontrados apontam para o duplo posicionamento do Diário de Notícias, ora inclinado para a manutenção e valorização dos grupos hegemônicos que controlam o poder vigente, ora aproximando-se da prática adotada pelos jornais mais popularescos como é o caso do Correio da Manhã, que habitualmente integra a informação jornalística ao entretenimento e ao consumo de maneira naturalizada. O Correio da Manhã prioriza, ainda, a relação entre crime, denúncia e punição, trazendo para a realidade vivida pelos leitores o hábito de fiscalizar e condenar as arbitrariedades ocorridas na esfera do poder público. O Público, por sua vez, parece dirigir-se a leitores de capital cultural e intelectual elevados, orientando-os no sentido de problematizar aspectos preocupantes no contexto sociopolítico português, além de habituá-los a valorizar o conhecimento mais amplo e diversificado dos acontecimentos nacionais e internacionais. Com base nas considerações de caráter teórico e analítico apresentadas pela atual investigação, acredita-se ter levantado razões significativas para se lançar um novo olhar sobre a comunicação visual contemporânea, sobretudo através da promoção da literacia para a mídia e da interpretação crítica acerca dos modos semióticos da comunicação visual produzidos pela imprensa contemporânea.
The new social order established by the progress of advertising and multimedia technologies has demanded the creation of new types of design, layouts and other visual semiotic resources used by the media. A consequence of this is the need to develop and make accessible concepts, techniques and conventions, to be able to understand and use these new features and possibilities of communicative work properly. In the Portuguese academic context of research in Applied Linguistics, there has been a growing interest in studies on multimodality, approach focused on the analysis and interpretation.of all other semiotic modes that come with writing in a particular type of text or communicative event. From this perspective, this PhD thesis aims to contribute to this research domain from the multimodal analysis of front page’s layout of the Portuguese newspapers considered the most respected and/or sold in the country: Diário de Notícias, Correio da Manhã and Público, collected editions of Saturday during February 2008. The main objective is to verify the tendencies of these newspapers as to the representation and production of social meanings, as well as the orientation preferences and positions of reading from their readers through the visual composition of their front pages. The theoretical framework is the Social Semiotics in interface with the multimodal approach (Hodge & Kress, 1988; Kress & van Leeuwen, 1996, 1998, 2001, 2006). The methodology is based on application of the compositional meanings system offered by the grammar of visual design (Kress & van Leeuwen, 1996, 2006; Machin, 2007), jointly to the parametric system of sociossemiotic meanings of colours (Kress & van Leeuwen, 2002; van Leeuwen, 2011) and of typography (van Leeuwen, 2006). The main findings point to the dual position of Diário de Notícias, leaning towards the maintenance and enhancement of the hegemonic groups that control the current regime, moreover, accosting to the practice adopted by popular newspapers such as Correio da Manhã, which typically integrate information news with entertainment and consume in a natural way. However, the Correio da Manhã’s front page also emphasizes the relationship among crime, punishment and denunciation, bringing to the reality experienced by readers the habit of inspecting and condemning the injustices that occurred in the sphere of public authority. The Público’s front page, in turn, seems to address readers of high intellectual and cultural capital guiding them towards questioning the sociopolitical context of Portugal, and habituating them to appreciate the broader and diversified knowledge of national and international events. Based on the theoretical and analytical research presented by the current thesis, it is believed to have raised significant reasons to launch a new look at contemporary visual communication, especially through the promotion of media literacy and the critical interpretation about the semiotic modes of visual communication produced by the contemporary Press.punishment and denunciation, bringing to the reality experienced by readers the habit of inspecting and condemning the injustices that occurred in the sphere of public authority. The Público’s front page, in turn, seems to address readers of high intellectual and cultural capital guiding them towards questioning the sociopolitical context of Portugal, and habituating them to appreciate the broader and diversified knowledge of national and international events. Based on the theoretical and analytical research presented by the current thesis, it is believed to have raised significant reasons to launch a new look at contemporary visual communication, especially through the promotion of media literacy and the critical interpretation about the semiotic modes of visual communication produced by the contemporary Press.
Description: Tese de doutoramento, Linguística (Linguística Aplicada), Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6642
Appears in Collections:FL - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd063065_td_Flaviane_Carvalho.pdf6.11 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE