Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
Instituto de Medicina Preventiva (FM-IMP) >
FM-IMP-Artigos em Revistas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6768

Título: Rastreio do consumo de álcool nos cuidados de saúde primários : atitudes dos utentes
Outros títulos: Patient attitudes to screening of alcohol consumption in primary health care
Autor: Campos, Pedro Pereira
Ribeiro, Cristina
Palavras-chave: Alcoholism
Alcohol drinking
Screening
Primary health care
Issue Date: 2012
Editora: Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral
Citação: Rev Port Med Geral Fam 2012;28:98-104
Resumo: Objectivos: Caracterizar o consumo de álcool dos utentes dos Cuidados de Saúde Primários (CSP) com idade igual ou superior a 16 anos; determinar as atitudes dos participantes face ao rastreio do consumo de álcool pelo seu médico de família no decorrer da consulta; analisar factores associados (idade, escolaridade, consumo de álcool) às atitudes encontradas. Tipo de estudo: Observacional, transversal e analítico. Local: Agrupamentos de Centros de Saúde I, III e VI da área da grande Lisboa. População: Utentes de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 16 anos, letrados, que frequentam os CSP. Métodos: A uma amostra de conveniência de 175 utentes dos CSP da área da grande Lisboa, após recolha de informação demográfica, foi aplicado um questionário sobre atitudes em relação ao rastreio do consumo nocivo de álcool e realizado um rastreio de consumo nocivo de álcool (AUDIT-C). Foram utilizados os testes do χ 2 e t de Student, considerando um nível de significância de 0,05. Resultados: A maioria dos utentes (mais de 80%) demonstrou apoio ao rastreio dos consumos de álcool por parte do seu médico. A resposta a 4 de 10 afirmações sobre atitudes quanto a este rastreio mostrou-se relacionada com a idade e escolaridade. Contabilizaram-se 41 indivíduos (23,4%) com rastreio AUDIT-C positivo, representando 38,5% dos homens e 14,5% das mulheres. Conclusão: Os utentes apoiam o rastreio sobre consumos de álcool pelo seu médico, independentemente de quaisquer variáveis ou do método de rastreio, estando igualmente abertos ao aconselhamento sobre esses consumos.
Objectives: To characterize the alcohol consumption of patients in Primary Health Care, to determine the attitude of patients towards screening for harmful alcohol consumption by their physician, to determine if these attitudes are related to the patient’s AUDIT-C status, and to analyze factors (age, education, alcohol consumption) related to attitudes towards alcohol screening conducted by the family physician during the consultation. Study design: Analytical, cross sectional Setting: Health Centre Groups I, III and VI of the Greater Lisbon area. Participants: Patients of both genders, aged 16 years or older. Methods: A convenience sample of 175 patients in primary health care in the Lisbon area was used. After collecting demographic information from patients, we administered a questionnaire on attitudes towards the screening of harmful alcohol consumption and the AUDIT-C instrument. The chi-square and Student t-test were used, with significance set at the 0,05 level. Results: Most patients (> 80%) expressed support for the screening of alcohol intake by their physician. The answer to four of the statements was related to age and educational level. Forty-one individuals (23.4%) with AUDIT-C positive screening were found, representing 38.5% of men and 14.5% of the women. Conclusions: Patients accept screening of alcohol consumption by their physician, independent of demographic variables or the screening method used. Patients are also open to advice regarding their alcohol intake.
Arbitragem científica: yes
URI: http://www.vfbm.com/rpmgf/vol_028_002/files/vol_028_002.pdf
http://hdl.handle.net/10451/6768
ISSN: 2182-5173
Appears in Collections:FM-IMP-Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Alcool_rastreio.pdf192,53 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE