Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Ciências Sociais (ICS) >
ICS - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6788

Título: A parentalidade em contexto de recomposição familiar:o caso do padrasto
Autor: Ferreira, Susana Atalaia, 1978-
Orientador: Wall, Karin, 1955-
Palavras-chave: Parentalidade
Padrastos
Recomposição familiar
Família
Teses de doutoramento - 2012
Issue Date: 2011
Resumo: Em contexto de modernidade, o crescimento do número de famílias recompostas precedidas por divórcio/ separação, bem como a pluralização dos lugares parentais impõem a necessidade de repensar a família e a forma como se constroem os lugares familiares, nomeadamente o lugar de padrasto. Trata-se de um lugar novo e distinto daquele que caracterizou os padrastos substitutos de outrora, uma vez que a implementação de medidas como a co-parentalidade têm conduzido à continuidade do casal parental após o fim da conjugalidade. Partindo de uma abordagem teórica que privilegia a perspectiva interaccionista com base na negociação familiar, a investigação aqui apresentada procurou perceber o modo como a parentalidade é construída e vivida em contexto de recomposição familiar. Para o efeito, adoptou-se uma perspectiva que toma o padrasto enquanto agente e produto da realidade envolvente. Os resultados apurados com base na realização de 30 entrevistas em profundidade a padrastos coresidentes evidenciam, por um lado, o facto de o lugar de padrasto ser um lugar parental, embora a parentalidade recomposta apresente características próprias, e, por outro, a existência de modos distintos de construção da parentalidade no quotidiano da recomposição familiar, uns marcados por uma maior proximidade e individualização da relação padrastoenteado, outros mais distantes e mediados pela figura materna. Neste sentido, o modo como o padrasto constrói o seu lugar parece depender menos do lugar ocupado pelo pai biológico, a dimensão base das lógicas de substituição e de perenidade reveladas pelas pesquisas anteriores, do que do espaço de manobra dado pela mãe e da posição assumida pelo padrasto face à parentalidade recomposta.
In the context of modernity, the growing number of blended families following a divorce or a separation, as well as the pluralisation of parental roles within the family, imply the need to rethink the concept of family and the way family relations are built up, namely the stepfather’s role. Stepfathers today occupy a new role, very different from the past, since the implementation of measures such as shared parenting has been leading to a continuity in the parental couple even after the end of the conjugal relationship. This project follows a theoretical approach which privileges the interactionist perspective based on family negotiation and aims to understand the way stepparenting is constructed and experienced within blended families. Therefore, this project adopts a perspective that views the stepfather both as agent and product of the reality that surrounds him. The results, which drew on 30 indepth interviews with co-resident stepfathers, suggest two main conclusions. On the one hand, the stepfather’s role within the family emerges as a parental one, although with different characteristics from both traditional parental roles – those of the father and mother. On the other hand, there are distinct ways of constructing stepfatherhood within blended families. While in some cases, there is a great proximity and individualisation of the stepfatherstepchild relationship, in others the relationship is more distant and is mediated by the mother. In this sense, the way the stepfather negotiates his place in a blended family context does not seem to depend so much on the positioning of the biological father – the core dimension of the logics of substitution and perennity revealed by previous research, but rather on the space the mother gives the stepfather and on his attitude to stepparenhood.
Descrição: Tese de doutoramento, Ciências Sociais (Sociologia Geral), Universidade de Lisboa, Instituto de Ciências Sociais, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6788
http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=6497228
Appears in Collections:ICS - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd063194_td_Susana_Ferreira.pdf4,42 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia