Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
FM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/6833

Título: Radiocirurgia para tratamento de MAVs encefálicas: análise do outcome resultados e complicações
Autor: Escolástico, Ana Raquel Ramos Coutinho, 1983-
Orientador: Ferreira, A. J. Gonçalves, 1951-
Palavras-chave: Radiocirurgia
Malformações arteriovenosas
Resultado de tratamento
Complicações
Neurociências
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: OBJECTIVO: O objectivo deste trabalho centra-se no estudo do outcome de doentes com MAV’s submetidos ao tratamento por radiocirurgia, de modo a perceber de que forma este é influenciado pelas diferentes variáveis do tratamento: a localização, índice e volume da MAV, a dose prescrita e o volume de tecido são que recebe doses superiores a 10-12Gy. Para além disso, é também objectivo deste trabalho compreender a relação destas variáveis com a ocorrência de complicações, quer temporárias como permanentes. MATERIAL E MÉTODO: Estudo retrospectivo de 60 doentes, com idades compreendidas entre os 20 a 60 anos, irradiados a MAV´s entre 2004 e 2009, através de uma fracção única de 12-20Gy, recorrendo a energia de 6MV. Os tratamentos foram efectuados no Centro Oncológico Drª Natália Chaves, Carnaxide, através de um Acelerador Linear 2300CD_ Trilogy® (Varian Medical Systems, Inc., Palo Alto, CA) com um colimador multilâminas HD120 incorporado. Todos os pacientes foram submetidos a uma Angio-TC, Angio-RM e a uma angiografia estereotáxica digital, no dia do tratamento. Para análise do outcome, apenas foram incluídos no estudo, pacientes com um tempo mínimo de follow-up de 2 anos, os quais foi efectuada uma avaliação clínica e imagiológica através de Angio-TC/RM após 6, 12 e 24 meses. RESULTADOS E CONCLUSÕES: A taxa de obliteração total da MAV foi de 54% (média:1.9anos); os restantes 46% revelaram uma redução significativa do nidus da MAV.A maioria dos pacientes não apresentaram complicações. As principais complicações estão relacionadas com a dose prescrita (≥ 18Gy) e volume de tecido são (≥16cc) que recebe dose ≥12Gy, assim como com a localização da MAV: lobo occipital, cerebelo e corpo caloso, seguido do lobo temporal e tronco cerebral. A oclusão total da MAV parece ser dependente tanto do volume da lesão (≤5cc) como do índice de Pollock-Flickinger (≤1.50).
PURPOSE: Radiosurgery has made a tremendous impact in the treatment of small and medium AVMs. We aim to review the outcome of patients with brain AVMs treated by stereotactic radiosurgery taking into account not also the localization and volume of the AVM but the prescribe dose and normal tissue receiving 10-12Gy. Furthermore to understand their strict relation with temporary and permanent neurological sequelae, as well with the treatment outcome. METHODS: A retrospective review of 60 patients treated between 2004 and 2009 was performed. The patients age ranged from 20 to 60 years old, and were irradiated with a single dose fraction from 12-20Gy, using 6MV photon beam. The treatments were undertaken in Linear Accelerator 2300CD_Trilogy® (Varian Medical Systems, Inc., Palo Alto, CA), with the HD120 Micromultileaf incorporated, at Centro Oncológico Drª Natália Chaves, Carnaxide. All patients were submitted to an Angio-TC, Angio-MRI and a stereotactic digital angiography, in the day of the treatment. To assess the outcome, only patients with a minimum of 2 years (24-96 months) of follow-up were included. Clinical evaluation was made one month post radiosurgery and imaging follow-up with Angio-TC/MRI after 6, 12 and 24 months. RESULTS AND CONCLUSIONS: The total obliteration rate after 2 years was 54% (mean time: 1.9 years); further 46% had a major reduction of the AVM nidus. Most of the patients had no complications. The main temporary and permanent neurological sequelae were related to the prescribe dose (≥ 18Gy) and the amount (≥16cc) of normal tissue receiving ≥12Gy, as well as the location of the irradiated brain: Occipital lobe, cerebellum and corpo calosum, followed by temporal lobe and brainstem. The complete obliteration of the AVMs seems to be dependent of the volume of the lesion (≤5cc) as well as the Pollock-Flickinger score (≤1.50).
Descrição: Tese de mestrado, Neurociências, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2012
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/6833
Appears in Collections:FM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
652061_Tese.pdf2,15 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE