Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/6886
Título: Expectativas sociais, escolares e profissionais face à multiculturalidade : um estudo exploratório
Autor: Coelho, Patrícia Esteves
Orientador: Teixeira, Maria Odília, 1957-
Palavras-chave: Expectativas sociais
Multiculturalismo
Comunidade escolar
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este estudo tem natureza exploratória e pretende analisar as expectativas sociais, escolares e profissionais face à multiculturalidade, numa amostra (N=90) que inclui estudantes do 7° ano, de duas escolas de região da Grande Lisboa. Na investigação, procedeu-se à adaptação da Escala de Atitudes Interculturais (EAI), cuja versão original é catalã (Sales, 1998). Com autorização da autora, a adaptação portuguesa do instrumento inclui as componentes de expectativas escolares e profissionais, que não estão contempladas na versão original. Na sua generalidade, os resultados mostram que os alunos não apresentam baixas expectativas sociais no que diz respeito às minorias, não são notórios estereótipos e há aceitação e respeito pelos colegas de outras culturas. Relativamente às expectativas escolares, os resultados tendem a evidenciar que existe uma representação igualitária das capacidades, independentemente da cultura. Também em relação às expectativas profissionais, os alunos tanto acreditam que as minorias podem seguir um percurso mais profissionalizante como seguir um percurso com maior estatuto educacional. A EAI mostrou bons índices de precisão e validade na amostra portuguesa, podendo ser uma escala para continuação de estudos futuros. Nas conclusões deste trabalho é realçado que neste contexto multicultural são essenciais estratégias que envolvam a comunidade escolar, a fim de facilitar a integração e aprendizagem cooperativa.
This study is of an exploratory nature and pretends to analyze academic and professional social expectations based on multiculturality, in a sample (=90) which includes 7th grade students, from two schools in the greater Lisbon area. On the investigation, proceeded to the adaptation of intercultural Attitudes Scale (EAI), whose original version is Catalan (Sales, 1998). With permission of the author, the Portuguese adaptation of the instrument includes the components of academic and professional expectations, which are not included in the original. On the whole, the results show that students do not have low social expectations with regard to minorities, there are notorious stereotypes and there is acceptance and respect for colleagues from other cultures. For the educational expectations, the results tend to show that there is a representation of equal capacity, regardless of the culture. With regards to professional expectations, the students believe that minorities may follow a professional route as well as one with a higher academic statute. The Scale of Intercultural Attitudes, has shown good indices of precision and validity in the Portuguese sample, with the possibility of being used as a scale for future studies. In conclusion, it is emphasized that in the multicultural context of the Academic Community, it is essential that there are adequate strategies from educational professionals, in order to facilitate integration and cooperative learning.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6886
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie040135_tm.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.