Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/6908
Título: Parentalidade e sentido de família em famílias adoptivas : uma análise de narrativas
Autor: Costa, Marta Sofia Carapeto Pereira dos Santos
Orientador: Narciso, Isabel, 1962-
Palavras-chave: Famílias adoptivas
Parentalidade
Ciclo de vida - Família
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: As famílias adoptivas, enquanto sistema familiar, apresentam algumas especificidades inerentes à extensão do conceito de família para além dos limites biológicos e genéticos, especificidades que precisam ser compreendidas, assumidas e integradas, refletindo-se diretamente nas tarefas relacionadas com a construção do “Sentido de Família”. A presente investigação pretende identificar e compreender quais os fatores, reconhecidos pelas famílias adoptivas, que influenciam tanto o nascimento e desenvolvimento do “Sentido de Família” como a transição para a parentalidade, comparando famílias singulares com casais, e famílias com fratrias adoptivas, com fratrias mistas e com filhos únicos. O estudo exploratório foi realizado com uma amostra constituída por 14 famílias adoptivas, 10 casais adoptantes e 4 adoptantes singulares, 9 com filhos únicos, 3 com fratrias mistas e 2 com fratrias adoptivas. Tendo como base no paradigma construcionista, recorreu-se a uma metodologia qualitativa, aplicando-se uma entrevista semiestruturada, com posterior análise de conteúdo através do software QSR NVivo 8. Os resultados obtidos revelam que a maioria dos pais adoptivos considera que os seus filhos se adaptaram facilmente à nova família e apontam como factores determinantes para o sentido de família a noção de pertença e partilha, o estabelecimento de rituais e rotinas, a coesão familiar, a imagem da família e a perceção de expansão familiar no tempo. Embora as diferenças observadas entre casais e singulares não sejam significativas, o mesmo não acontece para famílias com fratrias adoptivas, fratrias mistas e filhos únicos, pelo que o número de filhos e sua origem parecem levar os pais a adoptar dinâmicas familiares diferentes.
The adoptive family, seen as a system, has specific characteristics, since we’re referring to a concept of family beyond the limits of biology and genetics. This characteristics need to be understood and incorporated, as they have a direct influence on the tasks needed to build the collective “Feeling of being a Family”. The main purpose of the present study is to identify and understand which factors these families identify as the most influents on the birth and development of the “Feeling of being a Family” and on the transition to parenthood, comparing couples against single parents, and families with more than one child (adoptive and mixed phratries) against families with an only child. This exploratory study was developed with a sample of 14 adoptive families, of which 10 are couples and 4 single parents, 9 have an only child, 3 have mixed phratries and 2 have adoptive phratries. Built on a constructive paradigm, a qualitative method was chosen and a semi-structured interview was conducted, with posterior analyses of data through QSR NVivo 8 software. The results show that most adoptive parents refer belonging and sharing, creating rituals, family cohesion, family image and perception of being a family now and in the future, as factors that help create the “Feeling of being a Family”. Though the differences between couples and single parents are not relevant, the same doesn’t happen with differences between families with an only child and families with more children, indicating that the number of children may lead adoptive parents to develop different family dynamics.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6908
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie040139_tm.pdf1,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.