Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/696

Título: O papel dos indivíduos e das organizações na gestão e desenvolvimento da carreira : um estudo de caso
Autor: Santos, Rui Manuel Nogueira Gonçalo Simões
Orientador: Duarte, Maria Eduarda, 1955-
Palavras-chave: Psicologia dos recursos humanos
Gestão da carreira
Clima organizacional
Satisfação profissional
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Resumo: Neste trabalho procura-se explorar o papel dos indivíduos e das organizações na gestão e desenvolvimento da carreira, através de um estudo de caso. É aplicado a uma população de 217 indivíduos um plano metodológico com configuração de abordagem quasi-experimental, contemplando um processo de análise de causas como ferramenta de caracterização das práticas organizacionais. Os resultados mostram que as políticas de recursos humanos surgem como principais variáveis causadoras de insatisfação e clima organizacional negativo e é visível um desalinhamento global das percepções entre chefias e colaboradores. Conclui-se que a organização em causa apresenta uma visão tradicional e estanque da carreira e que há um desfasamento entre os modelos conceptuais de carreira culturalmente predominantes e a realidade profissional dos indivíduos da mesma. Levantam-se ainda algumas questões e favoreceram-se reflexões para uma futura fundamentação teórica.
This study seeks to explore the role of individuals and organizations in career management and development, throughout a case study. A methodological plan with a quasi-experimental configuration is applied to a population of 217 individuals, incorporating a process of analysis of causes as a tool for characterization of organizational practices. Human resourses policies emerge as key variable causes for dissatisfaction and negative organizational climate, being also visible a misalignment of perceptions between management and employees. It is concluded that the target organization has a traditional and rigid view of career and that there is a gap between culturally dominant career conceptual models and individual's professional reality. In the end some questions are raised and some ideas are favoured for a future theoretical basis.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), 2008, Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://sibul.reitoria.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000554006
http://hdl.handle.net/10451/696
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17679_Capas_da_Dissertacao.pdf547,71 kBAdobe PDFView/Open
17680_Indice_Geral_Indice_Quadros_Resumos.pdf75,05 kBAdobe PDFView/Open
17681_Corpo_de_texto_da_Dissertacao.pdf270,61 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia