Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/6968
Título: Entre a vida e a morte: uma reflexão sobre biopolítica, distopia e morte em José Saramago
Autor: Bernardo, André
Orientador: Rowland, Clara,1978-
Palavras-chave: Saramago,José,1922-2010 - Crítica e interpretação
Romance português - séc.20 - História e critica
Biopolítica
Utopias na literatura
Morte na literatura
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Esta tese de mestrado analisa as temáticas da distopia, biopolítica, direito, economia e morte em três romances de José Saramago. A proposta estabelecida foi partir de uma conceptualização de argumentos biopolíticos como estrutura teórica do trabalho e estabelecer uma relação desses argumentos com outro tipo de argumentos de índole distópica, formando estes dois grupos um todo para a problematização das obras de Saramago. As obras analisadas foram Ensaio sobre a Lucidez (2004), A Caverna (2000) e As Intermitências da Morte (2005). Respectivamente, as problemáticas analisadas nos romances foram o direito, a economia e a morte. O argumento central da tese defende que a literatura distópica apresenta pontos de contacto fundamentais com a problemática biopolítica, e que, por essa razão, uma leitura “dialéctica” entre as duas áreas apresenta-se como uma proposta coerente. Foi essa proposta que tentámos por em prática na abordagem das referidas obras de Saramago.
Abstract: This master thesis examines the themes of dystopia, biopolitics, law, economics and death in three novels of José Saramago. The established proposal was drawn from a conceptualization of biopolitical arguments as the theoretical structure of the work and to set a relationship between these arguments with other arguments of dystopian nature, these two groups forming a whole for the problematical approach of Saramago's works. The works analyzed were Seeing (2004), The Cave (2000) and Death with Interruptions (2005). Respectively, the issues analyzed in the novels were the law, economics and death. The central argument of the thesis argues that dystopian literature has fundamental points of contact with the biopolitical problematic, and that, therefore, one "dialectical" reading between the two areas is presented as a coherent proposal. It was this proposal that we tried to put into practice in the approach of the mentioned works of Saramago.
Descrição: Tese de mestrado, Estudos Comparatistas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/6968
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl122544_tm.pdf812,94 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.