Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/7095
Título: As atividades da tutoria que desencadeiam níveis superiores de reflexão crítica colaborativa no e-fórum
Autor: Jorge, Idalina
Palavras-chave: Diálogo
EaD
e-Fórum
e-Tutoria
Reflexão crítica
Data: Jul-2012
Editora: Universidade Metropolitana de Santos
Citação: Paidéi@, Vol.3, Número 6, Jul. 2012
Resumo: Na cultura europeia, a tradição do diálogo didático remonta à antiguidade clássica e assumiu relevo pedagógico essencial e estruturante na paidéia socrática. Na formação a distância podemos analisar e avaliar a dimensão cognitiva do diálogo entre os participantes, na mediação entre a aprendizagem e os recursos educativos. O e-fórum é a ferramenta mais utilizada para desenvolver o diálogo e a colaboração entre os estudantes em torno dos conteúdos e das atividades e recursos para, individualmente e em colaboração, construírem conhecimento, resolverem problemas ou refletirem criticamente. O apoio da tutoria à reflexão, colaboração e aprendizagem pode explorar as características de e-fóruns e contribuir para uma experiência académica mais gratificante e cognitivamente mais rica. Este estudo teve como objetivo identificar as tarefas da tutoria on-line que melhor explicam os níveis superiores de reflexão crítica colaborativa. Procedeu-se a uma análise de conteúdo de cerca de 6000 mensagens em diversos cursos de Pós-Graduação e de Mestrado entre 2008 e 2011, na modalidade a distância. Nas intervenções da tutoria foram consideradas as 11 tarefas da tutoria mais valorizadas pelos estudantes, organizadas nas categorias conceção, ensino e dinamização e as intervenções dos estudantes foram organizadas em três categorias de reflexão crítica colaborativa: exploração, integração e resolução/síntese. Para avaliar como a intervenção da tutoria se repercute nos níveis superiores de reflexão crítica colaborativa foi utilizado o pós-teste V de Cramer. As tarefas da tutoria que mais se relacionaram com os níveis superiores de reflexão crítica foram: 1) fazer perguntas abertas aos estudantes, 2) estabelecer associações entre mensagens dos estudantes e 3) orientar o debate. O estudo forneceu informações úteis sobre as formas de estimular e melhorar a qualidade do diálogo, elevando-o para níveis cognitivos mais elevados, que serão descritas justificadas e analisadas nas sugestões.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/7095
ISSN: 1982-6109
Versão do Editor: http://revistapaideia.unimesvirtual.com.br
Aparece nas colecções:IE - GIETS - Artigos em Revistas Internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
paidei@ julho 2012.pdf225,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.