Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
Unidade Orgânica da Educação (FPCE - UOE) >
GI História da Educação e Educação Comparada (FPCE-UOE-HEEC) >
FPCE-UOE-HEEC- Artigos em Revistas Internacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/7157

Título: O Ensino Superior da Europa e a sua relação com a América Latina: a Cooperação entre Portugal e Brasil
Autor: Madeira, Ana Isabel
Palavras-chave: Educação Comparada
Globalização da Educação
Ensino Superior
Issue Date: 2009
Editora: Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE)
Citação: Madeira, Ana Isabel. (2009). O Ensino Superior da Europa e a sua relação com a América Latina: a Cooperação entre Portugal e Brasil. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. Vol 25, nº 1, Jan-Abril, pp. 33-60.
Resumo: O artigo tem por objectivo geral reflectir sobre as condições de renovação da Educação Comparada no quadro dos mecanismos de regulação das políticas educativas à escala global. Com base numa exploração dos discursos da União Europeia acerca da cooperação multilateral em matéria educativa e cultural é analisada a parceria estratégica da UE para a América Latina (2007-2013), centrando a atenção na criação do espaço comum do ensino superior EU-ALC. Serve esta exploração para estabelecer uma comparação com as relações discursivas Portugal/Brasil no domínio da cooperação educativa no âmbito do ensino superior. Nesse sentido desenvolvem-se três argumentos, ou teses, apoiados nos debates sobre a construção do EEES no que toca à sua estratégia de internacionalização. Defende-se, em primeiro lugar, que a reconfiguração dos sistemas de ensino europeus está a organizar-se em torno de dois movimentos complementares, simultaneamente de ordem centrípeta e centrífuga. No sentido centrípeto, a internacionalização do espaço europeu além fronteiras alimenta-se de dinâmicas que procuram atribuir sentido à sua própria reconstrução interna. No sentido centrífugo, a reconstrução da identidade baseada no “reconhecimento” das afinidades históricas e culturais desempenha um papel importante na criação de novos “espaços imaginados”. Em segundo lugar, defende-se que em ambos os movimentos, quer a afinidade cultural, quer a cooperação cultural surgem como justificativas para o projecto de europeização, reinventando o sentido do progresso para as regiões latino-americanas à margem de qualquer referência relativamente às mútuas contradições do seu relacionamento cultural em perspectiva histórica. O apelo paradoxal ao exercício de práticas de comparação destemporalizadas e desterritorializadas articula-se com as novas retóricas sobre a identidade e a afinidade cultural, sublinhando que os temas da educação e da cultura estão de regresso, e em força, aos argumentos que justificam os projectos de expansão europeia. Por último, defende-se que a estratégia de internacionalização europeia e a sua ligação a modelos de globalização educativa não-europeus acolhe uma nova semântica educacional, processo que constitui uma plataforma de observação privilegiada para analisar o processo de reconfiguração das identidades supranacionais no século XXI. A análise desta semântica permite identificar um conjunto de deslocamentos e de relações a respeito dos mitos legitimadores institucionalizados e do modelo de sociedade mundial que está em vias de construir-se. Em face destes novos trânsitos no campo da educação, deslocados da área de reflexão científica para a área política ou mesmo administrativa, chama-se a atenção para o papel da investigação comparada no exercício de uma vigilância acrescida acerca dos processos de difusão/recepção dos modelos educativos europeus, centrada na análise da relação entre os programas de acção globais e a sua implementação/regulação ao nível nacional/local.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/7157
ISSN: 1678-166X
Appears in Collections:FPCE-UOE-HEEC- Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Rbpae_2009.pdf3,52 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia