Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Belas Artes (FBA) >
FBA - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/7180

Título: A luz na interpretação visual da obra de arte
Autor: Guedes, Carmina Correia,1970-
Orientador: Pereira, Fernando António Baptista
Palavras-chave: Percepção visual
Iluminação
Exposições de arte
Museus: exposições
Teses de doutoramento 2012
Issue Date: 2012
Resumo: A presente dissertação analisa e destaca a importância da iluminação na interpretação visual da obra de arte, em contexto museográfico. De facto, a luz detém potencialidades estéticas e semânticas que, devidamente estudadas e implementadas na iluminação expositiva, permitem revelar a autenticidade da obra de arte e facultar uma correcta literacia artística e uma boa interpretação visual. O estudo aprofundado desta temática, envolve uma abordagem interdisciplinar dos aspectos científicos mais significativos de aplicabilidade museográfica, fundamentais para a compreensão da complexa inter-relação entre a luz, a visão e o objecto. Neste âmbito, são analisadas as mais recentes investigações científicotecnológicas na área da neurofisiologia da visão e do respectivo processamento cerebral, novas teorias e modelos cognitivo-emocionais, importantes inovações luminotécnicas e uma nova área de especialização museográfica, o design de iluminação. Comprova-se que o conhecimento sobre estas matérias (descorado na maior parte dos museus portugueses) é imprescindível ao conservador e ao museólogo ou curador no desempenho das respectivas funções, em particular na investigação e no inventário da obra de arte e no acompanhamento das diferentes fases de concepção, montagem e manutenção da iluminação museográfica. A dissertação é amplamente documentada por elementos comprovativos - gráficos, estatísticas e fotografias - dela constando também a apreciação de três estudos de caso e a criação de dois instrumentos de trabalho inéditos: o quadro de classificação óptica dos principais materiais e técnicas artísticas e uma ficha técnica de iluminação. Numa época vincada pela cultura visual e pela globalização do conhecimento, as políticas museológicas têm procurado criar estratégias educativas, num propósito de crescente envolvimento de públicos. A iluminação museográfica revela-se, neste âmbito, uma das soluções basilares, enquanto instrumento eficaz de sublimação estético-artística da obra de arte e um poderoso meio de captar a atenção visual e desencadear a interpretação e a comunicação entre o público e o museu.
This thesis analyzes and points out the importance of lighting in the visual interpretation of the work of art in the context of museology. In fact, light withholds an aesthetic and semantic potential that, when properly studied and applied in the exhibition’s lighting system, it reveals the art work authenticity and allows the viewer a good visual interpretation of the piece. An in-depth study of this topic involves an interdisciplinary approach, which brings together the scientific aspects of museography and its practical application, so needed for understanding the complex interrelation between the light, vision and the object. To this effect, an analysis was conducted of the latest research findings on the neurophysiology of the vision and related cerebral processes, as well as on the new theories and cognitive-emotional models, lighting innovations and, a new specialization area in the field of museology, that of the lighting design. Although traditionally neglected by the large majority of the Portuguese museums, knowledge in the above mentioned subjects is essential to the museum's staff in the performance of their duties, from the curator to the conservator, in particular when conducting the historical research of the art work, doing the inventory, or in the follow-up of the different stages of planning, installation, and maintenance of museographic lighting. This thesis is widely supported by evidence: graphical, statistical and photographic. In addition, it focuses on the analysis of three case studies and the generation of two instruments of work: the list for optical classification of main materials and artistic techniques and the technical lighting report. In current times, characterized by a visual culture and the globalization of knowledge, museums have followed policies that support new educational strategies that further engage the public. Museum lighting plays a fundamental role as an efficient instrument of aesthetic and artistic supremacy of the work of art, and a powerful tool to attract the visual attention and open the way for the interpretation and dialogue between the public and museum.
URI: http://hdl.handle.net/10451/7180
Appears in Collections:FBA - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd_RE1203_td.pdf18,12 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE