Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/726

Title: "Adolescer" entre relações : parentalidade, amizade e amorosidade : que contributos na transição para a idade adulta?
Authors: Beato, Ana Filipa Gordino, 1981-
Advisor: Narciso, Isabel, 1962-
Keywords: Relações inter-pessoais
Adolescentes
Práticas parentais
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Abstract: Enquadramento: A conceptualização teórica e metodológica do presente trabalho foi baseada na perspectiva dos estilos/práticas parentais e nos pressupostos das teorias da vinculação e dos sistemas comportamentais. Com este estudo pretende-se contribuir para o enriquecimento do conhecimento sobre o bem-estar individual e relacional na adolescência. Constituem objectivos gerais: (1) compreender o modo como as práticas parentais e as representações estabelecidas na relação com os progenitores se associam a padrões interpessoais em domínios distintos, como no contexto das relações de amizade e de namoro na fase final da adolescência; (2) investigar a associação entre variáveis relacionais familiares e sociais - práticas parentais, vinculação, apoio emocional e investimento aos pais, amigos e namorados -, e variáveis individuais auto-estima e satisfação corporal; (3) analisar a influência de variáveis sócio-demográficas nas variáveis em análise; (4) compreender as semelhanças e diferenças entre os estilos de relação estabelecidos entre os diferentes sistemas interpessoais. Metodologia: O desenho da investigação é correlacional, transversal e exploratório.Nele participaram 200 adolescentes e jovens adultos de diferentes pontos do país. A avaliação foi feita através de instrumentos de auto-relato: a Escala de Auto-estima Global (EAEG), a Escala de Estima Corporal (EEC), o EMBU-A (My Memories of Upbringing) e o Questionario de Sistemas Comportamentais (QSC). Resultados e Conclusões: Os principais resultados evidenciam a presença de similitudes nas representações feitas a partir da relação com os pais, amigos e pares amorosos. De um modo geral, os jovens com estilos interpessoais mais seguros às figuras parentais relacionam-se de um modo mais seguro nos domínios extrafamiliares. Os padrões inseguros associam-se a representações menos favoráveis de si próprio e dos outros. As práticas parentais de suporte emocional estão também relacionadas com a presença deligações mais seguras aos pais e pares, contribuindo para melhores níveis de bem-estar pessoal e relacional. Em geral, os resultados permitem avançar na compreensão da natureza dos processos responsáveis pelas ligações entre os diferentes contextos relacionais no final da adolescência, conduzindo a pistas para futuras investigações.
Framework: This study's theoretical and methodological framework was based on parental styles/practices, and on attachment's and behavioral systems's theories. We expect to enlight the knowledge on individual and relational well being during adolescence. Our main goals were: (1) understanding how relational patterns based on friendship and romantic relationships are connected with parental practices and parental relations representations ; (2)investigate the connection between relational, familiar and social variables parental practices, and attachment, emotional support and investment to parents, close friends and romantic partners and personal variables self esteem, body-image satisfaction; (3) analyze social-demographic variables influences on the described variables; (4) understanding similarities and differences between relational styles and the various interpersonal systems. Methods: This investigation design is co-relational, transversal and exploratory. Data was collected throughout Portugal with the participation of 200 adolescents and young adults. Self-report questionnaires were used: Rosenberg Self-Esteem's Scale (RSES), Body Esteem Scale (BES), EMBU-A (My Memories of Upbringing), Behavioral Systems Questionnaire (BSQ). Results and Conclusions: Main results show congruence on adolescent's representations about parents, friends and romantic relationships. Youngsters displaying more secure interpersonal styles regarding their parental figures usually are also secure outside the family circle. Insecure patterns are related to self and others less favorable representations. Emotional supportive parental practices are also related to secure connections to parents and peers, improving personal and relational adjustment. Broadly, these results shows a path for understanding the nature of responsible processes for connecting different relational contexts during late adolescence and also, suggesting leads for future investigations.
Description: Tese de mestrado em Psicologia (Stress e Bem-Estar), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://sibul.reitoria.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000551064
http://hdl.handle.net/10451/726
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17425_CAPAS.pdf310.8 kBAdobe PDFView/Open
17426_Indice.pdf157.86 kBAdobe PDFView/Open
17427_Tese_Finalissima.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE