Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
IE - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/7316

Título: Tornar-se professor de educação especial:uma abordagem biográfica
Autor: Madureira, Isabel Pizarro, 1957-
Orientador: Estrela, Maria Teresa, 1936-
Palavras-chave: Teses de doutoramento - 2012
Issue Date: 2012
Resumo: O presente estudo visa compreender os percursos de mudança dos professores que optam pela educação especial como carreira e, nessa medida, procura-se, através de uma abordagem biográfica, caracterizar as motivações que estão subjacentes àquela opção, as sucessivas etapas e os fatores de socialização profissional. A opção pela educação especial perspetiva-se como uma escolha que o professor realiza durante o percurso profissional, que envolve um processo de socialização na nova profissão, no qual, para além da experiência é necessário considerar o contributo da formação especializada. De natureza qualitativa e exploratória, o estudo desenvolveu-se em duas fases: na inicial procedeu-se à recolha e análise de conteúdo de relatos escritos por um grupo de dez professores, sobre o tema “De professor de ensino regular a professor de educação especial”; na fase seguinte, procedeu-se ao aprofundamento dos dados, através da realização de quatro entrevistas biográficas a docentes do 1º ciclo do ensino básico e do 2º e 3º ciclo e do ensino secundário. A utilização do programa AtlasTi na análise de conteúdo das entrevistas e dos documentos secundários permitiu uma visão aprofundada e holística das dimensões determinantes do processo de socialização e de reconfiguração identitária dos docentes. Os resultados mostram que a cultura organizacional das escolas, as características da intervenção pedagógica e a política educativa constituíram os fatores determinantes da socialização profissional. A análise dos processos de socialização possibilitou a identificação de fases e de três tipos de identidades profissionais: a identidade pedagógica resiliente, a identidade plural vulnerável e a identidade ambígua vulnerável. Nas conclusões aponta-se para a necessidade de repensar os efeitos das políticas educativas nos processos de socialização dos professores de educação especial e nos respetivos dispositivos de formação especializada e contínua, e fazem-se algumas sugestões nesse sentido.
The purpose of this study is to gain an insight into the changes involved for teachers who opt for special education as a career. An attempt is made, by adopting a biographical approach, to describe the motivations underlying this option, the successive stages in the process and factors regarding professional socialization. Opting for special education in the course of a teacher’s professional trajectory is seen as a choice involving a process of socialization in the new profession, a process in which both experience and specialized training must be taken into consideration. The study is of a qualitative and exploratory nature and was conducted in two stages: the first was the collection and content analysis of reports written by a group of ten teachers on the subject “From Mainstream to Special Education Teacher”; in the second, the data was closely examined in the light of four biographical interviews with teachers of the 1st Cycle of Primary Education and the 2nd and 3rd Cycles of Secondary Education. By using the AtlasTi programme for the content analysis of the interviews and the ancillary documents, we were able to gain a thorough, holistic insight into crucial aspects of the socialization process and the reshaping of teachers’ identities. The results show that the organizational culture of schools, features of pedagogic intervention, and the nature of educational policy were critical factors in the socialization process. By analyzing this process, we were able to identify stages and three types of professional identity: the adaptable pedagogic identity, the vulnerable plural identity and the vulnerable ambiguous identity. Our conclusions point to the need to reconsider the effects of educational policies on the socialization processes of special education teachers and on the respective mechanisms for specialized and continuous training.Some suggestions are also made in this respect.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/7316
http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000654885
Appears in Collections:IE - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd063640_td_Isabel_Madureira.pdf4,06 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia