Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Reitoria (REIT) >
REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/7342

Título: O autocuidado higiene:conhecimento científico e ritual
Autor: Penaforte, Maria Helena de Oliveira, 1959-
Orientador: Martins, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva
Bastos, Cristiana, 1959-
Palavras-chave: Cuidados pessoais com a saúde
Cuidados de enfermagem
Higiene
Banhos
Rituais
Teses de doutoramento - 2012
Issue Date: 2011
Resumo: O estudo partiu da preocupação com a discrepância entre o ideal e a prática dos cuidados de enfermagem à pessoa internada com dependência para o autocuidado higiene pessoal/banho, questionando, se as concepções e práticas dos enfermeiros no ritual desses cuidados, traduziam ganhos em satisfação nos doentes, atendendo às exigências actuais da qualidade dos cuidados. Avançamos num estudo utilizando a triangulação de métodos. Iniciamos por um estudo de inspiração etnográfica, realizado num serviço de Medicina e outro de Cirurgia, seguido de um estudo “antes-após”, centrado num processo formativo, que emergiu a partir dos resultados do primeiro estudo, onde se controla, entre outras variáveis a “satisfação dos doentes”. As técnicas utilizadas decorreram sequencialmente, conforme a natureza dos estudos: observação participante; entrevista; e questionário. As amostras também sofreram variações, no primeiro estudo participaram 33 enfermeiros e 12 doentes e no segundo, 250 doentes. O processo formativo realizou-se num serviço, utilizando várias técnicas pedagógicas, cujos temas foram o banho, a água e o conforto. Da abordagem etnográfica emerge a construção processual do banho, associado a construtos performativos: anunciar do banho; celebração do banho e usos e efeitos do banho, marcados por dimensões performativas articuladas naquele, com efeito sistémico, numa relação com outros cuidados, actividades e ritmo de turno. O uso da “gestão das oportunidades” e do diálogo com os elementos de cuidar no banho, simboliza conhecimento em movimento, ajustamento da sequência dos gestos no banho, traduzindo bem-estar no doente, e a contribuir para manter unidos os enfermeiros. A expressão da satisfação dos doentes, depois da intervenção formativa, traduziu o forte impacto desta nos comportamentos e performances dos enfermeiros. A evolução revela ganhos em satisfação no doente: informação adaptada às necessidades individuais; mais esclarecimento; segurança no atendimento; respeito na sua opinião, intimidade e ambiente de banho; comunicação e envolvimento no processo terapêutico.
The study was based on the concern with the discrepancy between the ideal and the nursing care practice to the inpatient with compromised hygiene self-care/bath, questioning whether the conceptions and nurse practices in the ritual of these care give satisfaction to the patients, bearing in mind the current quality care demands. We move forward in a study using the triangulation of methods. We started a study inspired in ethnography, held both on a medical and surgical units, followed by a “before - after” study focused on a formative process which emerged from the results of the first study controlling, among other variables, the “patients’s satisfaction”. The techniques used occurred sequentially, according to the nature of the studies: participant observation; interview and questionnaire. The samples also suffered variations. 33 nurses and 12 patients participated in the first study and 250 patients in the second. The formative process was held in a medical unit, using several pedagogical techniques, having bath, water and comfort as themes. From the ethnographic approach, the bath process construction emerged, associated with performing moments: announcing the bath, bath performance, uses and effects of the bath highlighted by interconnected performing dimensions, with a systematic effect, related to other forms of treatment, activities and the rhythm of the shift. The use of the “management opportunities” and the dialogue with the person cared for represents knowledge in motion, adjustment of the sequence of gestures in bath, resulting in the patient’s welfare and contributing to keep nurses together. The expression of the patients’ satisfaction, after the formative intervention, reflected its strong impact on the nurses’ behaviors and performances. The continuity shows advantages in the patient’s satisfaction: adjusted information to individual needs; further clarification; security in the treatment; respect for his opinion; privacy and bath environment; communication and involvement in the therapeutic process.
Descrição: Tese de doutoramento, Enfermagem, Universidade de Lisboa, com a participação da Escola Superior de Enfermagem, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/7342
http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000655328
Appears in Collections:REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd063588_td_Maria_Penaforte.pdf5,06 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE