Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/737

Título: O impacto das exigências emocionais no engagement : o papel do coping social como variável mediadora
Autor: Gomes, Catarina Joana Vieira
Orientador: Pinto, Alexandra Marques, 1963-
Palavras-chave: Psicologia dos recursos humanos
Trabalho emocional
Coping
Bem-estar profissional
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Resumo: A presente investigação tem como objectivo estudar o trabalho emocional envolvido na relação dos bombeiros com os seus colegas de turno e o impacto deste no engagement destes profissionais, e ainda o papel do coping social como variável mediadora desta relação. Para isto, recolheram-se dados sobre as exigências emocionais da função, as estratégias de coping e o engagement através da aplicação de questionários a 417 bombeiros sapadores, num total de 29 turnos. Os resultados permitem-nos concluir que o engagement se associa positivamente com o recurso a estratégias de coping activoprosocial e com a expressão de emoções positivas; por outro lado, relaciona-se negativamente com a expressão de emoções negativas e a utilização de estratégias de coping activo antisocial e passivo. Para alem disto, verificou-se que o coping activo prosocial medeia totalmente a relação entre exigências emocionais negativas e o engagement, e possui um efeito de mediação parcial da relação deste com as exigências emocionais positivas.
The present investigation claims to study the emotional work involved in the relationship between the firemen and their team mates and its impact on the engagement of these workers, and the role of social coping as a mediation variable in this relation. To do so, we collected data about the emotional demands of the function, coping strategies and engagement data from a sample of 417 professional firemen, in a total of 29 teams. The results obtained allow us to conclude that engagement is positively related to the use of active-prosocial coping strategies and the expression of positive emotions; on the other hand, it is negatively related to the expression of negative emotions and, active antisocial and passive coping strategies. In addition to these results, it was also found that the active-prosocial coping entirely mediates the relationship between negative emotional demands and engagement, and has a partial mediation effect between engagement and positive emotional demands.
Descrição: Tese de mestrado integrado em Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/737
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17393_O_impacto_das_exigencias_O_papel_d.pdf408,24 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE