Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/749
Título: A entrevista motivacional como estímulo de motivação para a aprendizagem : estudo de caso
Autor: Cunha, Maria Cristina Marreiros Ramos Pereira da
Orientador: Silva, Adelina Lopes da, 1945-
Palavras-chave: Processo terapêutico
Entrevista motivacional
Auto-regulação
Teses de mestrado
Data de Defesa: 2008
Resumo: Será a Entrevista Motivacional, capaz de estimular a motivação para o estudo? Esta é, em termos gerais, a questão principal que orientou a presente investigação. Tendo por base a Entrevista Motivacional (E.M.) enquanto elemento de estímulo, realizámos um estudo de caso incidindo numa jovem de 15 anos do ensino secundário com baixa adesão às tarefas escolares. Como a E.M. se relaciona de perto, com o Modelo Transteórico (MTT) das Fases do Processo Terapêutico em muitos estudos sobre outras temáticas, associadas à adesão a mudanças comportamentais, tentámos analisar em que medida a E.M., se comporta como facilitadora do desenrolar desse mesmo processo terapêutico, num caso de baixo rendimento escolar. Em relação à motivação, centrámo-nos na Teoria da Autodeterminação e tentámos perceber se a EM seria facilitadora da auto-regulação da motivação para as aprendizagens escolares. Este estudo de caso não foi conclusivo, apesar de ter sido registada uma ligeira evolução no sentido da introjecção da motivação para o estudo. Foram encontrados pontos de concordância com outras investigações nomeadamente nas áreas da auto-regulação, percepção de utilidade futura e percepção de competência. Este trabalho mostrou que poderá haver interesse em realizar estudos mais alargados sobre a E.M. e as suas potencialidades, no campo clínicoeducacional, relacionadas com determinados tipos de motivação e baixo rendimento escolar.
Is the Motivational Interview a good method to increase learning motivation? This is, in general terms, the question we tried to answer in the present study. Taking the Motivational Interview (MI) as a stimulus, we studied the case of a 15 years old female student with low motivation for school work. As the MI relates to the Transtheoretical Model (TTM) and the states of changing process in many other fields associated with behaviour changes, we tried to analyze to which extent the MI smoothes the progress of the therapeutic process in a case of underachievement. In what concerns motivation, we focus on Self Determination Theory (SDT), and tried to understand if the MI facilitates self regulation of motivation in school learning. This case-study was not conclusive. Yet, we observed a slight evolution on the introjection of study motivation. Furthermore, the results were in accordance with studies in other areas such as self-regulation, perceived future utility and perceived competence. The present study suggests that it would be interesting to investigate the MI in larger samples, and to study its potentialities in the clinic-educational field related with different types of motivation and underachievement.
Descrição: Tese de mestrado integrado em Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva e Comportamental e Integrativa), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/749
Aparece nas colecções:FPCE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17374_Entrevista_Motivacional.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.