Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/7528
Título: Crescimento do ouriço-do-mar Paracentrotus lividus em viveiro na zona costeira da Ericeira, Portugal
Autor: Silva, Patrícia Mega Lopes da, 1986-
Orientador: Luís, Orlando de Jesus, 1954-
Palavras-chave: Aquacultura
Paracentrotus lividus
Alimentação
Crescimento
Ericeira - Portugal
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O ouriço Paracentrotus lividus (Lamarck, 1816), espécie mais dominante ao longo da costa portuguesa, representa um papel importante no funcionamento dos ecossistemas. Pode encontrar-se principalmente em habitats rochosos e a diferentes profundidades. É basicamente herbívoro e variações de alimento disponível podem afectar a sua reprodução (gametogénese, maturação, número e tamanho dos ovos). Esta espécie demonstra uma grande resposta adaptativa às condições ambientais a que se encontra, mas mesmo assim, o impacto humano a que está sujeito pode alterar significativamente seu papel ecológico. Devido as estes fenómenos, desde a alguns anos para cá, tem surgido um considerável número de estudos sobre a nutrição e crescimento do ouriço-do-mar, de modo a se perceber e garantir o sucesso do desenvolvimento do cultivo destes, pois é também uma iguaria muito apreciada em inúmeros países. Neste estudo pretendeu-se estudar o crescimento do ouriço-do-mar (P. lividus) num viveiro da vila da Ericeira, mostrando as diferentes respostas adaptativas que os ouriços presenteiam em seis meses num ambiente natural e num ambiente com um suplemento na dieta. As dietas foram essencialmente alga, milho e alimento natural existente no meio. Para tal foram colectados ouriços em Cabo Raso na zona de Cascais e colocados no viveiro de estudo submetidos às diferentes dietas alimentares. No final foram comparados os índices gonadossomáticos através do peso dos indivíduos e suas gónadas concluindo-se que a média dos pesos dos ouriços tanto nas gónadas como no índice era significativamente maiores numa dieta principalmente com milho. A mesma dieta, mas com alga no meio envolvente, também obteve uma boa coloração nas gónadas dos ouriços-do-mar, aspecto importante para a comercialização dos mesmos. Assim sendo a dieta milho pode fornecer os melhores resultados tanto para o crescimento como para uma boa coloração das gónadas do ouriço-do-mar, desde que aplicada conforme o presente trabalho.
The sea urchin Paracentrotus lividus (Lamarck, 1816), the most dominant echinoid specie along the Portuguese coast, represents an important role on marine ecosystem. It can be found in rocky subtidal habitats at different depths. Paracentrotus lividus is basically herbivorous and changes in available food can affect it´s reproduction (gametogenesis, maturation, number and eggs size). This specie demonstrate a very wide range of adaptive responses to environmental conditions, but even so, the human impact that is subjected can noticeably modify its ecological role. Due to these phenomena, since some years now, there has been a considerable number of studies on nutrition and growth of the sea urchin, to ensure the development of these animals and also because it is a highly appreciated delicacy in many countries. The present work tries to study the growth of the sea urchin (P. lividus) in a live storage facility in Ericeira village, showing the different adaptive responses that sea urchins present during six months in a natural environment and in an environment with a supplement in its diet. The diet types were maize, macroalgae and natural food existed around. For this, the sea urchins were collected in Cascais, in the study facility placed and subjected to these different diets. At the end, gonadosomatic index were compared through its weight and its gonads concluding that gonadal mean weight and gonadosomatic mean index were significantly higher for sea urchins fed with maize than animals fed on algae alone. This diet type, but also with algae from the storage facility, can afford a good gonad colour, a fact that is very important for commercial production. So, the results of the present study indicate that a maize diet is effective in increasing gonad mass and can provide the desired gonad colour if applied like the present study.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia Marinha). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/7528
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc099193_tm_patricia_silva.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.