Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/761

Title: Acolhimento, integração e empenhamento organizacional : estudo de caso no sector das telecomunicações
Authors: Ferreira, Sandra, 1983-
Advisor: Rafael, Manuel, 1962-
Keywords: Comportamento organizacional
Socialização
Telecomunicações
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Abstract: O estudo de caso que se apresenta debruça-se sobre a relação entre as práticas de Acolhimento e Integração e o Empenhamento Organizacional, variáveis de relevância na investigação sobre o comportamento organizacional (Kammeyer-Mueller & Wanberg, 2003; Mosquera, 2002; Taylor, 2002). A investigação decorre numa empresa multinacional do sector das telecomunicações, cuja amostra é constituída pelos recém-admitidos com antiguidade na organização entre um mês e um ano. A construção do questionário de Acolhimento e Integração contempla não só investigações anteriores, mas a realidade do contexto onde é aplicado, enquanto que o questionário de Empenhamento Organizacional assenta no Modelo Tridimensional de Allen e Meyer (1990a), tendo sido traduzido e adaptado para a língua portuguesa por Bruno (2007). Os resultados revelam que as práticas de Acolhimento e Integração reconhecidas como mais importantes são as que reforçam a rede social (Colegas e o Tutor) e as que evidenciam os benefícios de um meio tecnologicamente desenvolvido (Intranet). Todavia, o Empenhamento Organizacional, particularmente o Afectivo e Normativo, surge associado a práticas formais e sequenciais, o que sugere a necessidade de incentivar a adopção de estratégias que promovam a estruturação da informação, reduzindo, consequentemente, o grau de incerteza que acompanha o indivíduo no período de entrada na organização.
The following case study focuses on the relationship between Induction practices and Organizational Commitment, relevant variables within the investigation on organizational behaviour (Kammeyer-Mueller & Wanberg, 2003; Mosquera, 2002; Taylor, 2002). The research follows a multinational company in the telecommunications sector, whose sample represents the newcomers that have arrived at the organization between one month and one year. The Induction Questionnaire was buid not only upon earlier investigations but also on the organizational reality, whereas the Organizational Commitment Questionnaire was based on the Three Dimensional Model of Allen and Meyer (1990a), being translated and adapted into Portuguese by Bruno (2007). The results reveal that the Induction practices recognized as the most important are those who reinforce social network (Colleagues and Mentor) and highlight the benefits of a technological developed environment (Intranet). However, Organizational Commitment, particularly the Afective and Normative Commitment, is related with formal and progressive practices, which suggests the necessity to enhance the use of strategies that promote structured information, therefore reducing the uncertainty felt by the individual at the moment of entry into an organization.
Description: Tese de mestrado em Psicologia (Recursos Humanos), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/761
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17272_Dissertacao_Mestrado_Recursos%20Humanos_(FPCE-UL)_SF_(n.6769).pdf365.92 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE