Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/7640
Título: Em busca de práticas sustentáveis: a influência das crenças, dos valores e das atitudes ambientais nos comportamentos de uso de energia
Autor: Rebelo, Margarida
Menezes, Marluci
Caeiro, Tiago
Schmidt, Luísa
Horta, Ana
Correia, Augusta
Fonseca, Susana
Palavras-chave: Educação ambiental
Consumo de energia
Data: 2012
Citação: Rebelo, M.; Menezes, M.; Caeiro, T.; Schmidt, L.; Horta, A.; Correia, A.; Fonseca. S. (2012). Em busca de práticas sustentáveis: a influência das crenças, dos valores e das atitudes ambientais nos comportamentos de uso de energia. Atas do VII Congresso Português de Sociologia. Sociedade, Crise e Reconfigurações - 2012. Lisboa: Associação Portuguesa de Sociologia
Resumo: O estudo que se apresenta é parte integrante do projeto Net Zero Energy School: Reaching the community, cujo objetivo é identificar como as perceções e os comportamentos relativos à energia, conjuntamente com a caracterização de parâmetros físicos do espaço, podem contribuir para uma maior eficiência no consumo de energia numa escola secundária de Lisboa, recentemente requalificada. Os principais resultados, obtidos através de um inquérito por questionário aplicado a uma amostra representativa de 731 estudantes do 3º ciclo e do ensino secundário, mostram a forte influência do género, da idade e da classe social nas representações e práticas de uso de energia. As raparigas apresentam uma representação mais tradicional da energia, sobretudo associada à luz e à eletricidade e ao uso de equipamentos domésticos, atribuem maior importância à conservação de energia e uma maior preocupação com o ambiente e com a diminuição do consumo de energia no país. Por outro lado, os rapazes têm um conhecimento mais preciso sobre o uso e as fontes de energia, mas parecem menos sensibilizados em relação ao tema em contexto doméstico. A dimensão central de explicação das práticas de eficiência energética, identificada através de um modelo de equações estruturais, refere-se às atitudes pró-ativas de conservação dos recursos naturais e de prevenção das alterações climáticas as quais, por sua vez, são formadas a partir da influência do contexto familiar na exposição ao tema da energia e nos valores altruístas e tradicionais. O planeamento da intervenção escolar para a mudança de comportamento deve tomar em conta estes resultados, nomeadamente, a necessidade de continuadamente expor os alunos a informação precisa sobre a energia, de fomentar uma monitorização ativa dos consumos e das formas eficientes de uso deste recurso.
URI: http://hdl.handle.net/10451/7640
Versão do Editor: http://www.aps.pt/vii_congresso/papers/finais/PAP0381_ed.pdf
Aparece nas colecções:ICS - Outras Publicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_LSchmidt_AHorta_EmBusca_A.pdf474,42 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.