Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/7731
Título: Religiosidade e sintomatologia depressiva : influência do nível de escolaridade nesta relação e da ruralidade na vivência religiosa
Autor: Lobo, Ana Luísa Gonçalves Simões
Orientador: Gonçalves, Bruno, 1950-
Palavras-chave: Religiosidade
Depressão (psicologia)
Escolaridade
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este estudo pretende estudar a relação entre a religiosidade e a manifestação de sintomatologia depressiva. Procura também avaliar o efeito que o nível de escolaridade pode ter na vivência da religiosidade e na relação entre a religiosidade e a manifestação da sintomatologia depressiva. Foram recolhidos dados em duas zonas diferentes do país com o objectivo de verificar ainda se a localização geográfica tem influência na religiosidade. Procurou-se encontrar evidências de que uma orientação religiosa intrínseca e um maior envolvimento religioso têm um efeito protector na manifestação de sintomatologia depressiva. Esperava-se que este efeito protector fosse mais evidente em indivíduos com menos anos de escolaridade. A amostra estudada é uma amostra compósita, entre os dados recolhidos para esta investigação e para a investigação de Carla Toste (no prelo), composta por 137 participantes oriundos da comunidade, residentes em Lisboa e nas localidades de Ermidas- .Sado, Abela, Alvalade e Santiago do Cacém, pertencentes ao conselho de Santiago-do Cacém. Os critérios de inclusão foram o género, feminino, a idade, compreendida entre os 45 e os 64 anos e a compreensão adequada da língua falada e escrita. Verificou-se a existência de uma relação entre a prática religiosa e a manifestação de sintomatologia depressiva mas os dados relativos à influência da orientação religiosa e do nível de escolaridade não foram conclusivos. Também não se encontraram diferenças significativas na vivência religiosa em função da zona de residência das participantes.
This study aims to study the relationship between religiosity and manifestation of depressive symptoms. It also seeks to assess the effect that the level of education may have the experience of religiosity and the relationship between religiosity and manifestation of depressive symptoms. Data were collected on two different areas of the country in order to ascertain the geographical location still has an influence on religiosity. We tried to find evidence that an intrinsic religious orientation and religious involvement have a protective effect on the manifestation of depressive symptoms. It was hoped that this protective effect was more evident in individuals with fewer years of schooling. The sample is a composite sample, between data collected for this research and for investigation of Carla Toste (in press), consists of 137 participants from the community, residents in Lisbon and in the localities of Ermidas-.Sado, Abela, Alvalade and Santiago Cacém, belonging to the council of Santiago-Cacém. Inclusion criteria were gender, female, age, between 45 and 64 years and the proper understanding of spoken and written language.It was found that there is a relationship between religious practice and expression of depressive symptomatology but data regarding the influence of religious orientation and level of education were not conclusive. We also found no significant differences in religious experience depending on the area of residence of the participants.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/7731
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie042993_tm.pdf218,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.