Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/782

Título: A auto-avaliação da escola : o PAVE como instrumento orientador
Autor: Nunes, Eugénia Maria Duarte, 1957-
Orientador: Afonso, Natércio, 1948-
Palavras-chave: Administração educacional
Avaliação externa
Auto-avaliação
Trabalhos de projecto
Issue Date: 2008
Resumo: As tendências actuais de reconfiguração do Estado e da acção pública traduzem-se numa mudança de paradigma de governança em todos os níveis da decisão política. Essa mudança assenta em processos de descentralização e de autonomia, que acarretam novas formas de regulação. A auto-avaliação das escolas surge, desta forma, como instrumento de regulação social, e a articulação entre avaliação externa e auto-avaliação como condição imprescindível para o reforço da autonomia das escolas. Neste contexto, face à conjuntura actual, a Escola Secundária com 2.º e 3.º ciclos de Carcavelos decidiu iniciar o processo de auto-avaliação no ano lectivo 2007/2008. Partindo do PAVE (Perfil de Auto-avaliação de Escola), um modelo de avaliação não estruturado, a escola organizou o seu próprio projecto de auto-avaliação de acordo com as suas preocupações e especificidades, assente numa lógica democrática de participação de todos os intervenientes na vida da escola, posta ao serviço da melhoria das aprendizagens dos alunos. O relatório final deste projecto está estruturado em três partes distintas. Numa primeira parte situa-se e enquadra-se teoricamente o estudo a partir de três conceitos centrais: regulação, autonomia e avaliação. Na parte II debruçamo-nos sobre o Projecto de Avaliação desenvolvido na Escola Secundária com 2.º e 3.º ciclos de Carcavelos, os princípios e os pressupostos que lhe estiveram subjacentes, a metodologia seguida assim como as várias fases em que este projecto se desenvolveu. A Parte III corresponde aos resultados alcançados.
New trends in the governance of the public sector of today's societies call for new trends in the governance of education systems. Decentralisation and autonomy are key words in these new systems and they are closely related to new forms of regulation. School self-evaluation is being encouraged and promoted and along with external evaluation they will allow schools to develop their autonomy.Thus, Escola Secundária com 2.º e 3.º ciclos de Carcavelos has decided to undertake school self-evaluation from the school year 2007/2008 onwards. The project was based on the SSEP (School Self Evaluation Profile), an open model, which allowed the school to create its own project according to its needs and characteristics, involving key stakeholders such as students, parents and teachers in order to improve
Descrição: Trabalho de projecto realizado no âmbito do Ciclo de Estudos conducente ao Grau de Mestre em Ciências da Educação (Administração Educacional), apresentado à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/782
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17102_ENunes_relatorio_projecto.pdf779,83 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia