Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/7822
Título: Crenças de autoeficácia e objetivos : um estudo exploratório
Autor: Patrício, Ana Sofia Antunes
Orientador: Teixeira, Maria Odília, 1957-
Palavras-chave: Ensino básico (3º Ciclo)
Auto-eficácia
Auto-regulação da aprendizagem
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Esta investigação, enquadrada na teoria sociocognitiva de Bandura, assumiu uma natureza exploratória e teve como objetivo analisar as crenças de autoeficácia e os objetivos no âmbito da aprendizagem, em alunos do 7º ao 9º ano de escolaridade (N=41), inseridos num projeto social, ligado à Junta de Freguesia da Lapa, o Nós da Juventude. Foi usado o Questionário de Autoeficácia para Crianças (SEQ-C) cujas características tinham sido anteriormente estudadas numa amostra portuguesa. Dos resultados do SEQ-C, destacam-se os alfas de Cronbach que revelaram uma boa consistência interna desta medida de autoeficácia. Salientam-se ainda os dados que demonstraram que os objetivos podem ser dimensões autorregulatórias do comportamento, os indicadores que evidenciaram uma associação entre a Escala autoeficácia emocional e situação de retenção, bem como os índices que demostraram que as retenções têm impacto no domínio da autoeficácia emocional. Salientam-se ainda os dados que demonstraram que os objetivos podem ser dimensões autorregulatórias do comportamento. O estudo teve limitações metodológicas, nomeadamente, quanto à dimensão e natureza da amostra e à operacionalização da variável das dificuldades de aprendizagem. Sugere-se uma replicação da investigação com uma amostra mais heterogénea e de maior dimensão.
This research encompassed by Bandura’s social cognitive theory undertakes an exploratory nature intending to analyse the self-efficacy beliefs and goals in learning scope, of 7th to 9th grade students (N=41) included in a social project named “Nós da Juventude” pertaining to Junta de Freguesia da Lapa. Self-Efficacy Questionnaire for Children (SEQ-C) whose features had been previously studied in a Portuguese sample was used. From the SEQ-C results, we emphasized that Cronbach’s alpha measures revealed an appropriate internal consistency for self-efficacy. Data showed that the goals may be dimensions of behavioural self-regulation, Indicators exhibited associations between emotional self-efficacy scale and retaining situation, as well as indexes showed that retentions have an impact in emotional self-efficacy domain. Data also showed that goals may be dimensions of behavioural self-regulation. The study has methodological limitations, such as the sample’s dimension and nature and the operationalization of the variable from learning disabilities. Therefore a replication of the investigation with a more heterogeneous and large dimension sample is suggested.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/7822
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043043_tm.pdf559,82 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.