Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/7828
Título: Avaliação do uso de estratégias volitivas : estudo exploratório utilizando o método Q-Sort em jovens do 7º, 8º e 9º ano de escolaridade
Autor: Carta, Liliana Filipa Lopes
Orientador: Simão, Ana Margarida Veiga, 1957-
Palavras-chave: Auto-regulação da aprendizagem
Sucesso escolar - Portugal
Estratégias volitivas
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Tendo como referência a literatura sobre a autorregulação da aprendizagem e a sua pertinência no âmbito da psicologia da educação, nomeadamente, na relação com o sucesso escolar, o presente estudo teve como principais objetivos explorar a aplicabilidade e utilidade do método Q-Sort na avaliação do uso de estratégias volitivas. Pretendeu-se ainda analisar o tipo de estratégias utilizadas nos diferentes anos de escolaridade e compreender a sua relação com o sucesso escolar dos alunos. A amostra é constituída por 38 alunos, que frequentam o 7º, 8º e 9º ano de escolaridade, no ensino regular. Os jovens participaram numa atividade em que responderam ao questionário de estratégias volitivas, através do método Q-Sort. Os dados obtidos permitem concluir que os alunos que obtiveram melhor rendimento escolar foram aqueles que utilizaram mais estratégias de controlo de estudo, ou seja, apresentam maior preocupação com o estabelecimento de objetivos de estudo. De salientar que apenas se registaram diferenças significativas, em termos de ano de escolaridade, na Escala de Controlo da Tarefa, sendo que os alunos do 7º ano foram aqueles que menos usaram este tipo de estratégias. O método Q-Sort constitui-se um excelente instrumento na avaliação de estratégias volitivas, dado o seu caráter dinâmico, reflexivo, atrativo e motivador, evidenciando potencialidades na avaliação e intervenção psicoeducacional.
With reference to the literature on self-regulation of learning and its relevance within educational psychology, particularly in relation to school success, the objective of this study is to explore the applicability and usefulness of the Q-Sort method in evaluating the use of volitional strategies. It was applied to further examine the type of strategies used in different school years and understand their relationship with the academic success of students. A sample of 38 7th, 8th and 9th grade students, participated in an activity in which the inventory of volitional strategies was applied through Q-Sort method. The data obtained showed that students with better academic performance are those using more control strategies of study, i.e., show greater concern for establishing study goals. Note that only significant differences, in terms of grade, in Scale Control Task, and students of 7th year are those who least use this type of strategies. In terms of methodological choice, the Q-Sort method constitutes an excellent tool in the evaluation of volitional strategies, given its dynamic, reflective, attractive and motivating nature, showing potential in psychoeducational assessment and intervention.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/7828
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043047_tm.pdf927,19 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.