Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8031
Título: Cyberbullying : a faceta de um fenómeno em jovens universitários portugueses
Autor: Francisco, Sofia Mateus
Orientador: Simão, Ana Margarida Veiga, 1957-
Palavras-chave: Cyberbullying
Ensino superior
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Com a crescente utilização das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) nascem grandes vantagens para os jovens, mas também a esta utilização acrescem alguns riscos. Um desses riscos diz respeito ao cyberbullying. Assim, o presente estudo pretende dar a conhecer o fenómeno em estudantes do ensino superior, através da aplicação do Questionário de Cyberbullying no Ensino Superior (QCES) a estudantes do 1º ciclo de estudos dos cursos de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade de Lisboa (N=349). Este estudo revelou que existe uma diferenciação nas agressões experienciadas pelas vítimas. A Intimidação diz respeito a agressões mais semelhantes com o bullying tradicional, também consideradas agressões mais directas. A Apropriação da Imagem refere-se a uma das especificidades do cyberbullying, e considera-se uma agressão indirecta e dissimulada. Os resultados mostram que a frequência de cyberbullying tende a diminuir no ensino superior, como era esperado comparativamente a níveis de escolaridade precedentes. Adicionalmente verifica-se que os rapazes evidenciam uma maior tendência para ser agressores; e as vítimas e agressores pertencem tendencialmente à faixa etária dos 24 aos 26 anos. Para além disto, não se encontram diferenças relativamente ao sexo quanto às vítimas. Por fim, verifica-se que os alunos de Ciências da Educação apresentam uma maior tendência para ser vítimas deste fenómeno. A prevenção e intervenção devem ter em conta as especificidades do cyberbullying, mas também a continuidade existente entre este e o bullying, e devem atender aos vários intervenientes no fenómeno e abranger toda a comunidade.
With the increasing use of new information and communication technologies (ICT), great advantages arise for young people, but also bring some risks. One of these risks is Cyberbullying. Therefore, this study intends to present this phenomenon to undergraduate Psychology and Science Education college students (N=349), from University of Lisbon, through the application of the College Cyberbullying Questionnaire (CCQ). This study revealed that there are differences in aggressions experienced by victims. Intimidation is related to aggressions more similar to traditional Bullying, also considered a more direct way of aggression. Image Appropriation concerns to a Cyberbullying specificity, being considered an indirect and dissimulated aggression. Results show that Cyberbullying tends to decreased in University, if compared with the precedent academic levels. Additionally, men tend to be aggressors, and both victims and aggressors are between 24 and 26 years of age. Moreover, no differences were found regarding victims’ gender. Lastly, students in Science Education courses are more prone to be victims of this phenomenon. Prevention and intervention should take into account not only the specificities of Cyberbullying, but also the continuity between the first and bullying, as well as should consider the different participants in this phenomenon and ultimately, comprise the whole community.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8031
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043077_tm_tese.pdf747,09 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfpie043077_tm_anexos.pdf946,4 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfpie043077_tm_errata.pdf81,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.