Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8040
Título: A dimensão emocional no desenvolvimento do professor
Autor: Amaral, Anabela Marques, 1965-
Orientador: Freire, Isabel Pimenta, 1952-
Santos, Sara Bahia dos, 1959-
Palavras-chave: Teses de doutoramento - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Este trabalho decorre da constatação de que os professores estão sujeitos a um intenso desgaste emocional no exercício das suas funções, consequência da implicação na relação pedagógica com os alunos, das exigências e idiossincrasias das escolas e das constantes mudanças legislativas no campo da educação. Trata-se de um estudo interpretativo que procura compreender as conceções dos professores acerca da dimensão emocional da docência, evidenciar possíveis relações entre a experiência profissional e as competências emocionais e tentar perceber como é que o conhecimento que os professores têm das suas emoções e das dos seus alunos se reflete na relação pedagógica. Pretende-se, também, identificar necessidades e desejos de formação e averiguar até que ponto a colaboração entre professores situados em momentos diferentes da carreira promove o desenvolvimento profissional no campo da literacia emocional. A investigação concretizou-se numa escola básica do 2º e 3º ciclos, com um grupo de professores situados em momentos diferentes da carreira, e apresenta como estratégias de investigação o estudo de caso único embedded (Yin,1989) e a investigação-ação. O estudo comporta três etapas. A primeira é constituída por um estudo exploratório, no qual foram entrevistados 21 professores. A segunda etapa surge na sequência da inferência de necessidades e desejos de formação e consistiu na conceção de um processo de investigação-formação em colaboração com um grupo de professores. A terceira etapa incidiu na realização de entrevistas follow-up com a finalidade de perceber o impacto que o processo formativo teve nos professores colaborantes. Os resultados da primeira etapa da investigação evidenciam que as experiências emocionalmente mais marcantes vividas pelos professores, independentemente do momento da carreira em que se encontram, situam-se no contexto de sala de aula, nas interações com os seus alunos. Revelam, também, que é importante saber gerir as emoções porque estas condicionam o trabalho docente e que a competência emocional pode ser aprendida e que essa aprendizagem está dependente das características pessoais dos professores e dos aspetos situacionais, referentes ao contexto institucional, organizacional e social onde desempenham as suas funções. Os acontecimentos relatados pelos professores sobre o seu início de carreira deixam transparecer uma enorme carga emocional negativa, evidenciando que foi um tempo vivido com muitas incertezas, insegurança, ansiedade e medo. O excesso de burocracia e a difícil relação com a tutela são referidos, especialmente pelos professores situados no meio e topo de carreira, como obstáculos que provocam elevado desgaste emocional. Aponta-se a necessidade de a formação de professores e o desenvolvimento docente se ligarem ao desenvolvimento das escolas, no sentido de contribuir para o aumento da literacia emocional dos professores para fazerem face às múltiplas vulnerabilidades a que estão sujeitos. Os resultados da segunda e terceira etapas da investigação revelam mudanças na capacidade de identificação e discriminação das emoções, na reflexividade e colaboração entre professores e na assunção da importância da literacia emocional para o aumento da resiliência, autonomia profissional e bem-estar emocional dos professores.
This work arises from the fact that teachers are subjected to an intense emotional distress in the exercise of their functions, a result of their involvement in the pedagogical relationship with the students, of the school’s requirements and idiosyncrasies and of the constant legislative changes in education. It’s an interpretive study that seeks to understand the teachers’ conceptions about the emotional dimension of teaching, that seeks to show possible relations between professional experience and emotional competencies and tries to understand how the teachers’ knowledge of their and their students emotions is reflected in the pedagogical relationship. The aim is also to identify needs and formation desires and to find out how far the collaboration between teachers situated at different moments of their careers, promotes the professional development in the field of emotional literacy. The investigation was conducted in a 2nd and 3rd cycle school with a group of teachers situated at different moments of their careers and presents as research strategies the embedded single case study (Yin, 1989) and the research-action strategy. The study consists of three stages. The first one consists of an exploratory study in which 21 teachers were interviewed. The second stage follows on the training needs and desires and consists on the conception of a research-training process in collaboration with a group of teachers. The third stage focused on conducting follow-up interviews in order to realize the impact that the formative process had on the cooperating teachers. The first stage results of the research show that the most emotionally remarkable experiences experienced by teachers, regardless of the moment of the career in which they are, are in the classroom context in the interactions with their students. They also reveal that it’s important to know how to manage emotions because these can influence the teaching and that the emotional competence can be learned and that learning is dependent on the teachers’ personal characteristics and on situational aspects, related to the institutional, organizational and social contexts where they perform their functions. The events reported by teachers about their career beginnings reveal a huge negative emotional charge, indicating that it was a time lived with a lot of uncertainty, insecurity, anxiety and fear. The excessive bureaucracy and the difficult relationship with the authority are referred to, especially by the teachers situated in the middle/top of their careers, as obstacles that cause high emotional exhaustion. It points up the need for teacher training and development bind to the schools’ development, in order to contribute to the increase of teachers’ emotional literacy to cater for the multiple vulnerabilities to which they are subject. The investigation’s second and third stages results reveal changes in the ability to identify and discriminate the emotions, in the reflexivity and collaboration between teachers and in the assumption of the importance of emotional literacy for the increase of resilience, of professional autonomy and of teachers’ emotional well-being.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/8040
Aparece nas colecções:IE - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd064835_td_tese.pdf1,98 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_indice_anexos.pdf8,53 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo1.pdf142,63 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo2.pdf112,64 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo3_questionario.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo3.pdf339,08 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo4.pdf12,69 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo5.pdf118,94 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064836_td_anexo6.pdf115,37 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo7.pdf8,69 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064836_td_anexo8.pdf58,86 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo9.pdf161,21 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo10.pdf174,92 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo11.pdf123,2 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo12.pdf438,37 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo13.pdf148,71 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo14.pdf143,57 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo15.pdf63,93 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo16.pdf149,15 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo17.pdf11,6 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexo18.pdf129,05 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064836_td_anexoA.pdf59,71 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexoB_entrevista.pdf988,49 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexoC.pdf255,35 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexoD.pdf127,18 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
ulsd064835_td_anexoE.pdf223,19 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.