Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8177
Título: Dialéctica de polaridades de regulação da satisfação de necessidades psicológicas : relações com o bem-estar e distress psicológicos
Autor: Conde, Elsa Maria Cordeiro
Orientador: Vasco, António Branco, 1955-
Palavras-chave: Necessidades psicológicas
Bem-estar psicológico
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O presente estudo insere-se no âmbito do Modelo da Complementaridade Paradigmática, que postula que o bem-estar psicológico dependerá da capacidade de regulação da satisfação de sete polaridades dialécticas de necessidades psicológicas (Vasco, 2009a, 2009b). Foi pela primeira vez aplicada neste estudo, na sua forma global, a Escala de Regulação da Satisfação das Necessidades (Vasco, Bernardo, Cadilha, Calinas, Fonseca, Guerreiro, Rodrigues & Rucha, 2011), a 848 participantes online, relacionando-a com duas outras medidas de necessidades psicológicas – a Escala de Satisfação de Necessidades Psicológicas Básicas - Geral (Deci & Ryan, 2000), e uma adaptação do Questionário de Incongruência e do Inventário de Motivação de Aproximação e Evitamento – Questionário de Sintonia para Adultos (Holtforth, Grawe & Tamcan, 2004, adaptação de Faria & Vasco, 2011) e com uma medida de Bem-Estar e Distress Psicológicos (Inventário de Saúde Mental, Duarte-Silva & Novo, 2002, versão portuguesa do Mental Health Inventory, de Ware, Johnston, Davies-Avery, & Brook, 1979). Os resultados apoiam a consistência interna da ERSN e mostram o contributo das Necessidades Psicológicas para a variância dos resultados, revelando relações positivas entre as três medidas de necessidades psicológicas. Observaram-se, também, relações positivas entre as Necessidades Psicológicas e o Bem-Estar Psicológico e relações negativas entre as Necessidades Psicológicas e o Distress Psicológico. Dividindo, ainda, os sujeitos por quatro grupos relativos aos pares de resultados em cada um dos pólos das necessidades psicológicas (com base nas medianas), os resultados revelaram que o grupo de sujeitos com resultados mais elevados nos dois pólos revela maiores níveis de Bem-Estar Psicológico e menores níveis de Distress Psicológico do que a restante amostra. Por fim, apresentam-se as limitações do estudo e as implicações dos resultados para investigações futuras e para a prática clínica.
This study is inserted in the Paradigmatic Complementarity Model, which postulates that psychological well-being depends on the ability to regulate the satisfaction of seven dialectical pairs of psychological needs (Vasco, 2009a; 2009b). For the first time, the Psychological Needs Satisfaction Regulation Scale (Vasco, Bernardo, Cadilha, Calinas, Fonseca, Guerreiro, Rodrigues & Rucha, 2011) was applied in its global version to 848 participants online, relating it to two other psychological needs measures – Basic Psychological Need Satisfaction in General Scale (Deci & Ryan, 2000), and an adaptation of Incongruence Questionnaire and Inventory of Approach and Avoidance Motivation (Holtforth, Grawe & Tamcan, 2004, portuguese version from Faria e Vasco, 2011), and to one measure of Psychological Well-Being and Distress, the Mental Health Inventory (Ware, Johnston, Davies-Avery & Brook, 1979, portuguese version from Duarte-Silva & Novo, 2002). The results account for the reliability of this instrument and show the psychological needs contribute to the variance in the results, revealing positive relations between the three measures of psychological needs. Results also reveal positive relations of psychological needs with Psychological Well-Being and negative relations with Psychological Distress. When participants were divided into four groups according to the results in which pole of psychological needs (fixed factor – median), the results show that the group with higher results on both poles showed higher results in Psychological Well-Being and lower results Psychological Distress than the rest of the sample. At the end, study limitations and implications for further research and psychotherapy practice are presented.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8177
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043189_tm.pdf1,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.