Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8196
Título: Hábitos de sono das crianças e compreensão infantil do sono e das estratégias facilitadoras do adormecimento : estudo com crianças de oito anos e seus pais
Autor: Januário, Patrícia de Abrunhosa
Orientador: Santos, Margarida M. Magalhães Cabugueira Custódio dos, 1959-
Palavras-chave: Sono infantil
Hábitos de sono
Envolvimento dos pais
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O sono infantil tem um papel fundamental em todo o processo de desenvolvimento, estado emocional e funcionalidade nos diferentes domínios da vida da criança. Apesar de nos últimos anos se ter assistido ao crescente interesse traduzido num vasto conjunto de estudos em relação ao sono na infância, a revisão de literatura efectuada encontrou um reduzido número de investigações centradas na percepção infantil e crenças subjacentes ao sono e ao adormecimento. Assim, o presente trabalho tem como objectivo geral conhecer os hábitos de sono e problemas relacionados com o sono referidos por pais e crianças, bem como a compreensão do sono e estratégias facilitadoras do adormecer referidas por crianças. O estudo foi realizado em duas Escolas do Ensino Básico do Conselho de Loures e incluiu duas fases. Na primeira fase participaram 77 mães e 62 pais de crianças de 8 anos que preencheram o Children´s Sleep Habits Questionnaire (Owens, 2000, adaptação portuguesa de Silva, 2011). Na segunda fase foi considerada uma amostra de 20 crianças, constituída de forma aleatória de entre todas aquelas cujos pais tinham participado na primeira fase. Com estas, foi utilizada uma entrevista semi-estruturada englobando as dimensões crenças em relação ao sono, hábitos e rotinas de deitar e adormecimento, e ainda o Sleep Self Report. Em relação aos resultados, salienta-se um panorama geral que denota reduzidos problemas de sono relatados por pais e crianças, não obstante algumas imprecisões ou mesmo inexistência de concordância entre ambos. Os dados obtidos revelam a importância de um maior ênfase na temática do sono infantil, bem como uma maior necessidade de acompanhamento e envolvimento parental nos hábitos de sono e de dormir. Na verdade, a adopção de práticas de sono saudáveis, o fomentar de rotinas estruturadas e o acompanhamento das situações inerentes ao sono e ao dormir seriam as três medidas mais importantes a desenvolver no seio de cada família.
The sleep in children has a key role in the development process, emotional state and functionality in different areas of the child´s life. Although in the past few years the growing interest has translated into a wide range of studies on the issues of sleep in childhood, the literature review carried out found a small number of investigations centered on the child's perceptions and beliefs underlying the sleep and falling asleep. Therefore, the present work aims to meet the overall sleep habits and sleep related problems reported by parents and children as well as the understanding of sleep and sleep facilitating strategies referred by children. The study was conducted in two Primary Schools in Loures and included two phases. The first phase involved 77 mothers and 62 fathers of children aged 8 years who completed the Children's Sleep Habits Questionnaire (Owens, 2000, Portuguese adaptation of Silva, 2011). In the second phase was considered a sample of 20 children, randomly composed by all of those whose parents had participated in the first phase. With these, we used a semi-structured interview covering the following dimensions: beliefs about sleep, sleep habits and bedtime routines, and even the Sleep Self Report. Regarding the results, we highlight a general overview denoting reduced sleep problems, either from the perspective of parents or from the perspective of children, despite some inaccuracies or even lack of agreement between some parental perceptions and the reports from children. Gathered data reveal the importance of a greater emphasis on the topic of infant sleep as well as a greater need of parental involvement and monitoring in the sleeping habits of children. In fact, the adoption of healthy sleep practices, the promotion of structured routines and monitoring of situations inherent to sleep would be the three most important measures to develop within each family.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8196
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043224_tm.pdf3,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.