Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8230
Título: Envolvimento dos alunos na escola : um estudo com alunos do 7º e do 9º ano
Autor: Rola, Ana Solange Coelho, 1974-
Orientador: Veiga, Feliciano
Palavras-chave: Envolvimento dos alunos
Motivação do aluno
Rendimento escolar
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O presente estudo tem como objetivo compreender como se envolvem os alunos, do 7.º e do 9.º ano, na escola. Com as cinco questões de estudo formuladas, pretende-se averiguar a distribuição dos alunos pelas dimensões afetiva, comportamental e cognitiva do envolvimento na escola, e relacioná-las com fatores pessoais e escolares, como género, ano de escolaridade, rendimento escolar, e perceções dos alunos relativamente ao apoio da família e dos pares na aprendizagem, à relação professor-aluno, ao controlo e relevância do trabalho escolar, e às suas aspirações e objetivos futuros. A amostra foi constituída por 217 alunos do 7.º (47,0%) e 9.º anos (53,0%), de duas escolas da cidade de Lisboa, com sujeitos do género feminino e masculino. Na avaliação do envolvimento dos alunos na escola (EAE), foi utilizado o questionário “Envolvimento dos Alunos na Escola – Versão de Estudo”. Na análise da relação do envolvimento com os fatores contextuais, utilizou-se uma tradução portuguesa do “Student Engagement Instrument” (Appleton, Christenson, Kim & Reschly, 2006). Os resultados apontaram para níveis elevados nas dimensões do EAE, com especial relevância na componente cognitiva. Verificaram-se correlações positivas e significativas entre o EAE e o rendimento escolar, e entre as dimensões do EAE e os fatores contextuais perceções dos alunos relativamente ao apoio da família e dos pares na aprendizagem, à relação professor-aluno, ao controlo e relevância do trabalho escolar, e às suas aspirações e objetivos futuros. Foram detetadas diferenças estatisticamente significativas no EAE em função do género, mas não do ano de escolaridade. Estes resultados conjugam-se, na generalidade, com outros estudos realizados sobre esta temática. Esta investigação remete para a exploração de diferenciações na distribuição do EAE e na importância dos fatores contextuais que o influenciam, entre alunos de diferentes ciclos do ensino, de escolas públicas ou privadas, e de meios rurais ou citadinos, numa perspetiva desenvolvimentista.
The purpose of this study is to understand the way in which 7th and 9th grade students engage in school. The aim of the five study questions is to ascertain the student distribution among the affective, behavioral and cognitive dimensions of the engagement, and to relate these with personal and school factors, such as gender, school year, school performance, and students’ perception of family and peer support in the learning process, teacher-student relationship, control and relevance of the school work, and their future goals and aspirations. The sample consisted of 217 students in 7th (47,0%) and 9th (53,0%) grades from two schools in Lisbon, both male and female. For the evaluation of students’ engagement with school (SES) it was applied the questionnaire “Envolvimento dos Alunos na Escola – Versão de Estudo”. For the analysis of the relation between the engagement and the contextual factors it was used a Portuguese translation of “Student Engagement Instrument” (Appleton, Christenson, Kim & Reschly, 2006). The results showed high levels in the dimensions of the SES, particularly in the cognitive dimension. Some positive and significant correlations were verified between the SES and school performance, and between the dimensions of the SES and the contextual factors, students’ perception of family and peer support in the learning process, teacher-student relationship, control and relevance of the school work, and their future goals and aspirations. We identified statistically significant differences in the SES according to gender, but not to school year. These results are consistent with other studies in the area of study. This research refers to the exploration of differences in the SES distribution and the importance of contextual factors that influence it, among students in different school cycles, state or private schools, rural or city environments, in a developmental perspective.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8230
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043250_tm.pdf1,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.