Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8233
Título: Diferenciação pedagógica : um estudo com alunos do 9.º ano de escolaridade
Autor: Tudella, Ana Cristina de Abreu Silva de Sousa, 1969-
Orientador: Santos, Leonor, 1949-
Palavras-chave: Avaliação formativa
Diferenciação pedagógica
Trabalho em grupo (Método Pedagógico)
Relatórios de estágio de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este estudo visa compreender de que modo uma metodologia de trabalho em sala de aula, promovendo a diferenciação pedagógica simultânea, em grupos de alunos, formados segundo o “tipo de erro” que cometem na realização de uma tarefa, contribui para a aprendizagem dos alunos. Para tal foram formuladas as seguintes questões: “Quais os principais fatores que contribuem para a aprendizagem neste contexto? Quais as principais dificuldades que emergem neste contexto de trabalho? O contributo deste método varia com a tipologia de erros? Como reagem os alunos a esta forma de trabalhar? Foi construído um modelo de trabalho, constituído por duas fases, a primeira individual e a segunda em grupo, que foi aplicado numa turma do 9.º ano de escolaridade. Este modelo foi desenvolvido em quatro tarefas, ao longo de um ano letivo. Seguindo uma metodologia de natureza qualitativa, os dados foram recolhidos recorrendo à observação de aulas (gravação áudio do trabalho dos grupos, completada com registos da professora), e à recolha documental (produções dos alunos em ambas as fases). Os erros cometidos pelos alunos, na 1.ª fase foram categorizados e foi feita uma análise da evolução do trabalho dos alunos. Os resultados obtidos evidenciam que os alunos reagiram bem a esta forma de trabalhar, superando, na grande maioria das vezes, o erro cometido inicialmente. Existiram erros para os quais o modelo implementado teve efeitos mais positivos nas aprendizagens matemáticas dos alunos do que noutros. De facto, os erros cometidos com base nas capacidades transversais – raciocínio e comunicação – foram mais facilmente superados e conduziram a uma maior evolução dos alunos. Nalguns casos, sobretudo naqueles em que a primeira produção estava praticamente em branco, os alunos, na 2.ª fase, acabaram por cair num outro tipo de erros também categorizado neste estudo.
This study seeks to understand in which way the methodology of the work in the classroom, by promoting the simultaneous differentiation pedagogy, in a group of pupils, assembled in accordance with the “type of error” which they make when accomplish a task, contributes to the apprenticeship of the pupils. For that purpose the following questions were formulated: “Which are the main factors which contribute to the apprenticeship in this context? Which are the main difficulties emerged by this context work? The effectiveness of this method becomes different with the typology of the errors? How pupils react to this method of work?” It was built a standard work, established in two phases, being the first one individual and the second one in group, which was applied to a 9th grade class. This standard was developed in four tasks, extended to one academic year. Following a qualitative methodology, the data were collected by observing the classes (audio recording the groups work, completed with notes by the teacher) and collecting documents (produced by the pupils in both phases). The errors made, by the pupils, during the first phase where categorized and an analysis of the pupils evolution was done. The results obtained showed clearly that the pupils reacted positively to this method of work, by overcoming, mostly of the time the mistake initially made. There were mistakes to which the implement model were more positive in mathematics learning of the pupils than others. In fact, the errors made under transversal capacities – mathematical reasoning and communication – were easily overcoming and managed to achieve a greater evolution of the pupils. In some cases, especially to those who the first production were in blank, the pupils, on the second phase, made other type of mistakes also categorized in this study.
Descrição: Relatório de estágio de mestrado, Educação (Didática da Matemática), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8233
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043256_tm.pdf6,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.