Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8287
Título: Boas práticas dos programas psicoeducacionais para pais separados-divorciados
Autor: Silva, Lia Sofia Pichel Nunes da
Orientador: Afonso, Maria Helena dos Santos, 1957-
Palavras-chave: Pais divorciados
Separação conjugal
Programas psicoeducacionais
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O processo de reorganização do sistema familiar após a separação conjugal está fortemente associado à qualidade da relação estabelecida entre os pais, crucial na continuidade do desempenho de papéis parentais e na estabilidade da relação entre pais e filhos. Os programas psicoeducacionais para pais separados/divorciados pretendem promover padrões de interacção funcionais entre os membros da família e minimizar os efeitos negativos do conflito interparental, particularmente para as crianças. O principal objectivo deste estudo é apresentar de forma compreensiva as características, formatos e procedimentos associados a uma maior eficácia de programas psicoeducacionais para pais separados/divorciados. Explora-se também a percepção de pais portugueses separados/divorciados acerca da relevância de diferentes conteúdos a abordar em programas desse tipo e, as preferências dos pais sobre vários elementos associados à organização dos programas. Os dados foram recolhidos através de um questionário online numa amostra de 55 pais portugueses separados/divorciados com filhos menores de idade fruto de relações passadas. Os resultados indicam que todos os conteúdos foram considerados relevantes pelos participantes. Existem algumas diferenças significativas entre os sexos, com as mulheres a indicar um grau de relevância superior aos temas relativos a aspectos interpessoais, parentais e interparentais. As preferências dos sujeitos vão no sentido de programas de fácil acesso, em ambiente institucional, num grupo misto em termos do género dos participantes e em conjunto com o outro progenitor. Os resultados obtidos são integrados na revisão realizada sobre princípios orientadores de programas psicoeducacionais para pais separados/divorciados e discutidos no sentido de recomendações de boas práticas a serem contempladas no desenvolvimento e implementação de futuros programas dirigidos a pais portugueses.
The process of family reorganization after marital separation and divorce is strongly associated with the quality of the relationship between parents, crucial to continuing to perform parental roles and to the stability of the relationship between parents and children. Psychoeducational programs for separated/divorced parents intend to promote functional interaction patterns among family members and minimize negative effects of the interparental conflict, particularly for children. The main goal of this study is to present comprehensively characteristics, formats and procedures associated with greater effectiveness of psychoeducational programs for separated/divorced parents. It is also explored the perception of separated/divorced Portuguese parents about the relevance of different contents to be addressed in such programs, and their preferences about various elements associated with the organization of the programs. Data were collected through an online questionnaire on a sample of 55 separated/divorced Portuguese parents, with children aged under 18 from previous relationships. Results indicate that all contents are considered relevant by the participants. There are some significant differences between sexes, with women reporting a greater relevance for interpersonal, parenting and interparental issues. Subjects' preferences are for programs of easy access, at an institutional environment, in a mixed group in terms of gender of the participants and together with the other parent. The results are integrated into the review conducted about guidelines for psychoeducational programs for separated/divorced parents and discussed towards best practice recommendations to be addressed in the development and implementation of future programs for Portuguese parents.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8287
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043281_tm.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.