Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8288
Título: Aplicação da psicoterapia psicodinâmica na crise no contexto do internamento psiquiátrico
Autor: Costa, Rita Margarida Fonseca e
Orientador: Gonçalves, Bruno, 1950-
Palavras-chave: Psicoterapia dinâmica
Internamento psiquiátrico
Processo terapêutico
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este estudo debruçou-se sobre a aplicação dos modelos de psicoterapia psicodinâmica, em pacientes em crise, no contexto do internamento psiquiátrico, numa unidade de agudos. Apresenta-se uma breve revisão de literatura sobre a temática em estudo, enquadrando teoricamente as diferenciações dos vários tipos de psicoterapia psicodinâmica. Aprofundamos as dimensões e as técnicas da psicoterapia psicodinâmica de apoio e a psicoterapia psicodinâmica expressiva, limitada ou não no tempo. Apresentamos vários modelos de intervenção, numa perspetiva histórica, tendo em conta os conceitos teóricos mais relevantes, o tipo de pacientes e os resultados obtidos. As alterações preconizadas ao nível da técnica em função do tipo de pacientes, foram igualmente estudadas e feita uma reflexão sobre os elementos mais importantes para a nossa prática clínica. É referida a evolução das metodologias de investigação em psicoterapia psicodinâmica, assim como do processo psicoterapêutico em si. As evidências científicas, de diferentes métodos de intervenção psicoterapêutica são consideradas, apresentando-se estudos relativos ao processo psicoterapêutico, investigações com pacientes de diagnóstico psiquiátrico diferenciado, estudos comparativos e meta-análises de intervenções psicoterapêuticas diferenciadas, como a psicoterapia cognitvo -comportamental e a psicofarmacologia. O modelo de Gilliéron (2004), é aquele que mais se aproxima da nossa conceção e técnica, apresentando uma maior adequação ao contexto da nossa prática, por ser um modelo inclusivo na escolha do tipo de intervenção e nos objetivos terapêuticos pretendidos. O modelo de intervenção psicoterapêutico por nós utilizado é descrito nas suas duas fases, articulando aspetos teóricos e de aplicação prática através do recurso a quatro casos clínicos. Concluímos que a diferenciação entre as mudanças psicológicas, que permitam o manejo futuro de situações de uma forma mais adequada ou o restabelecimento do equilíbrio anterior à crise, parece dever-se ao tipo de patologia, organização de personalidade e da motivação para a mudança. Efetuamos algumas considerações finais resultantes da articulação teórico-prática.
This study focused on the application of models of psychodynamic psychotherapy to patients in crisis, in the context of psychiatric hospitalization in an hospital acute unit. A brief literature review was made on the topic under study, theoretically framing the differences of the various types of psychodynamic psychotherapy. Thus, we deepen the dimensions and techniques of psychodynamic psychotherapy and supportive expressive psychodynamic psychotherapy, limited in time or not. We have presented various models in a historical perspective, taking into account which theoretical concepts are more relevant for each kind of patients and results obtained. Technical changes were also studied and a reflection was made on the most important elements to our clinical practice. The developments of research methodologies in psychodynamic psychotherapy, as well as the psychotherapeutic process itself, are addressed through the literature review. The scientific evidence from different methods of psychotherapeutic intervention were considered, presenting studies on the psychotherapeutic process, investigations of patients with different psychiatric diagnoses, comparative studies and meta-analyzes with different interventions, such as cognitive-behavioral psychotherapy and psychopharmacology. The model of Gilliéron (2004), is the closest to our conception and technique, presenting a greater adaptation to the context of our intervention. The psychotherapeutic intervention model used by us is described in its two phases, combining theoretical aspects and practical application, using illustrations of four clinical cases. We concluded that the differentiation of psychological changes, allowing the management of future situations in a more appropriate manner or restoring the balance before the crisis, seems to be due to the type of pathology, personality organization and motivation for change. Other considerations were made as a result of the articulation of theoretical and practical aspects.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8288
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043220_tm.pdf717,22 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.