Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8517
Título: A interculturalidade nos conteúdos de formação de professores do 1º ciclo do ensino básico
Autor: Grilo, Margarida Maria Monteiro Marçal, 1970-
Orientador: Silva, Maria do Carmo Vieira da, 1954-
Palavras-chave: Formação de professores - Portugal
Comunicação intercultural
Multiculturalismo
Ensino básico (1º ciclo)
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O presente estudo teve como motivação a análise e compreensão da formação ministrada nas Escolas Superiores de Educação, face à exigência de entender e gerir a situação de multiculturalidade, ocorrida na composição da sociedade portuguesa, e que trouxe alterações significativas nos públicos escolares e novas exigências aos agentes do sistema educativo. Efectivamente, após a descolonização, face à entrada de Portugal no espaço da Comunidade Europeia e à crescente globalização planetária, a população escolar, até aí relativamente homogénea, ressalvada apenas a diferença do estatuto sócio-económico, conheceu uma diversidade cultural significativa. Face a esta nova situação, que requer uma capacidade de diagnóstico e de intervenção, logo, de novas competências científicas e pedagógicas dos professores, pareceu-nos de muito interesse realizar uma investigação, no sentido de conhecer a perspectiva formativa das ESE,s face a este novo desafio. Assim, colocamos como eixo da nossa investigação, a seguinte questão de partida: - os conteúdos das unidades curriculares de formação assegurado corresponde às novas exigências em presença? No intuito de conhecer a perspectiva e as posições dos investigadores na área da problemática em presença, nomeadamente o reconhecimento do direito à diversidade cultural e à urgência da construção de uma sociedade intercultural, recorri ao método de investigação bibliográfica, não apenas para identificar os itens mais recorrentes, mas para conhecer o conteúdo dos conceitos seleccionados. Constitui a 1ª parte desta dissertação. Corresponde ao «enquadramento teórico». Os instrumentos de pesquisa utilizados foram: a) programas da totalidade das unidades curriculares ministrados na ESE, (a nível de licenciatura e de mestrado); b) entrevistas a professores docentes c) entrevista a um informante qualificado. A metodologia usada foi basicamente: investigação bibliográfica, pesquisa documental (programas disponibilizados) e análise de conteúdo ( no que respeita aos dados constantes nas entrevistas. Optou-se por amostragem de Escolas Superiores de Educação (Centro e Sul do País) para recolha dos conteúdos das unidades curriculares; igualmente se procedeu, por amostragem, para a realização das entrevistas. Seguidamente, procedeu-se à análise de dados dos documentas obtidos. Para os programas, usámos o método quantitativo, com o objectivo de verificar a existência ou não da abordagem do tema Interculturalidade nos conteúdos programáticos. Tendo em vista a obtenção de resultados sobre o tema, nos currículos de formação, esta análise foi feita a partir das directrizes Sim, Não e Subliminarmente. A informação fornecida pelas entrevistas foi tratada pelo método de análise de conteúdo. Constituiu a II e III partes desta investigação. A partir do tratamento dos documentos obtidos, foram apresentadas as conclusões que, no essencial, revelam que, não obstante o reconhecimento unívoco da necessidade de uma educação para a interculturalidade, a prática é ainda incipiente e parcimoniosa.
This study was motivated by the analysis and understanding of the education in Higher Schools of Education, given the requirement to understand and manage the status of multiculturalism of Portuguese society, which brought significant changes in students’ population and new demands on agents of the education system. Indeed, after decolonization, the entry of Portugal within the European Community and the planetary globalization, the school population, till then relatively homogeneous, with exception of socio-economic status, experienced a significant cultural diversity. This new social context required a capacity for diagnosis and intervention, new scientific and educational abilities of teachers, which led our investigative interest to identify the changes in teacher training in Higher Schools of Education to face the new challenge. Given this situation our investigation was led by following problem: the contents of the curricular units of training provided by Higher Schools of Education meets the new requirements? In order to know the views and positions of researchers about the investigative problematic, namely the recognition of the right to cultural diversity and the urgency of building an intercultural society, a literature review was conducted, not only to identify the most frequent items, but to know the content of the concepts selected. The "theoretical framework" is the first section of his dissertation. The following research instruments were used: a) syllabus of all curriculum subjects of Higher Schools of Education (Graduate and Masters Degrees), b) teachers’ interviews c) interview with an education specialist. The methodology used was basically: bibliographic research, documental research (of programs available) and content analysis of the interviews. We chose to sample Higher Schools of Education (Centre and South of the country) to collect the contents of the curriculum subjects; a sampling was also done to the implementation of the interviews. The next step was to analyze the data of documents obtained. For programs, we used the quantitative method with the aim of verifying the existence of an intercultural approach in the syllabus of the subjects. In pursuit of results an analysis was performed using the scale Yes, No and Subliminally. The sections II and III include the content analysis of the interviews. From the examination of the documents collected some findings were presented. An unequivocal recognition of the need for intercultural education was showed, in spite of a still primary and parsimonious practice.
Descrição: Tese de mestrado, Ciências da Educação (Educação Intercultural), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012
URI: http://hdl.handle.net/10451/8517
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie043398_tm.pdf1,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.