Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/8958
Título: Negotiating gender equality in conjugal life and parenthood in Portugal: a case study.
Autor: Wall, Karin
Cunha, Vanessa
Marinho, Sofia
Palavras-chave: Igualdade de género
Divisão do trabalho
Data: 2013
Editora: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Citação: Wall, K., Cunha, V., Marinho, S. (2013). Negotiating gender equality in conjugal life and parenthood in Portugal: a case study. (Workingpapers ICS Nº 3). Lisboa: Instituto de Ciências Sociais
Relatório da Série N.º: ;3
Resumo: A divisão do trabalho pago e não pago nos casais com filhos tem vindo a tornar-se mais equitativa na sociedade portuguesa, ainda que de uma forma lenta, gradual e parcial. Com efeito, a expansão do emprego feminino, a emergência de novos modelos parentais e as políticas de família promotoras de igualdade de género não foram suficientes para equilibrar a balança das desigualdades entre homens e mulheres na vida familiar. Os processos que estruturam a persistência destas desigualdades nas famílias com filhos são bem conhecidos, ao contrário dos que desenham a igualdade, que foram ainda pouco estudados. Neste texto, investigamos as lógicas sociais implicadas na negociação da igualdade de género na família, a partir de um estudo de caso. Dando voz aos dois membros de um casal com 1 filho pequeno, analisamos as dinâmicas de negociação de igualdade na construção de identidades e papéis conjugais e parentais, e na divisão do trabalho pago, doméstico e parental. A análise incide em vários tempos sociais e biográficos: início e rotinização da vida a dois; transição para a parentalidade e vivência atual; modelos e socializações familiares. Constatamos que a construção de igualdade de género no casal resulta da articulação consistente entre fatores estruturais, institucionais e interacionais: contextos facilitadores ou promotores da igualdade e da conciliação trabalho/família; negociação quotidiana de estratégias de partilha igualitária na cooperação conjugal e parental; inclusão ativa do homem nos cuidados à criança e na produção da vida familiar; e procura de equilíbrios entre a igualdade de género e os volumes desiguais de recursos estruturais e individuais que se jogam no casal. Este estudo está inserido num projeto internacional que visa identificar similaridades entre princípios, práticas e contextos que tecem a partilha igualitária na famíla em várias culturas.
URI: http://hdl.handle.net/10451/8958
Versão do Editor: http://www.ics.ul.pt/publicacoes/workingpapers/wp2013/wp2013_3.pdf
Aparece nas colecções:ICS - Outras Publicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_KWall_VCunha_SMarinho_Negotiating_WORN.pdf807,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.