Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/896

Title: Qualidade de vida no trabalho, empenhamento organizacional afectivo e intenção de turnover: um estudo exploratório
Authors: Santos, Catarina Alexandra Soares Carvalho dos
Advisor: Rafael, Manuel, 1962-
Keywords: Qualidade de vida
Empenhamento organizacional
Satisfação profissional
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Abstract: A Qualidade de Vida no Trabalho é um tema de grande importância para as organizações dos nossos dias, e principalmente para os trabalhadores que as compõem, tendo o seu estudo ganho relevância com o passar dos anos. O presente estudo tem por objectivo verificar quais as relações existentes entre Qualidade de Vida no Trabalho, Empenhamento Organizacional Afectivo e Intenção de Turnover, assim como entre as duas escalas de Qualidade de Vida no trabalho. Para tal foram aplicados três Questionários a uma amostra de 310 colaboradores com, pelo menos, seis meses de trabalho. Os resultados obtidos demonstraram existir uma relação positiva e significativa entre Qualidade de Vida no Trabalho e Empenhamento Organizacional Afectivo, por outro lado a relação entre Qualidade de Vida no Trabalho e Intenção de Turnover, e Empenhamento Organizacional Afectivo e Intenção de Turnover, verificou-se ser negativa e significativa. Os dados demonstraram ainda ser o Empenhamento Organizacional Afectivo o principal preditor da Intenção de Turnover. Limitações do estudo e sugestões para investigações futuras são apresentadas.
The Quality of Work Life is a theme of great importance for the organizations in our days, and most of all for his workers. His study has been emerging with the years. The purpose of this study was to determine which link exists between Quality of Work Life, Affective Organizational Commitment and Intent of Turnover, besides the link between the two scales of Quality of Work Life. Three different questionnaires were applied to a sample of 310 employees with, at least, six months of work. The results show a positive and significant relation involving Quality of Work Life and Affective Organizational Commitment. On the other hand, the link between Quality of Work Life and Intent of Turnover and among Affective Organizational Commitment and Intent of Turnover was significant and negative. The data shows as well the Affective Organizational Commitment as the best predictor of Intent to Turnover. Limitations of the study and ideas of future research are discussed.
Description: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000559906
http://hdl.handle.net/10451/896
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
18412_ulsd_dep.17703_CAPA.pdf114.48 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
18413_ulsd_dep.17703_Tese.pdf500.99 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE